Polícia investiga golpe de agência de viagens em Goiânia; Prejuízo chega a R$ 1 milhão

Brasil
Anúncios

Mais um golpe de agências de viagens abala o segmento no Brasil. A agência de viagens London Tour, de Goiânia (GO), simplesmente fechou as portas e deixou dezenas de pessoas a ver navios, muitas delas souberam do fechamento no momento em que estavam no aeroporto para embarcar, no balcão do check-in da companhia aérea. O prejuízo estimado pela Policia Civil é superior a R$ 1 milhão, com mais de 300 pessoas sendo lesadas.
A Polícia Civil investiga se a empresa está enfrentando um processo de falência e se houve o crime de estelionato. Segundo o delegado Webert Leonardo informou à TV Anhanguera que tantos as vítimas quanto os responsáveis pela London Tour serão ouvidos ao longo desta semana. A empresa, por meio de um advogado, informou que será pedida uma recuperação judicial, mas o delegado informou que “há indícios da prática do crime de estelionato e também de crimes contra o consumidor”. A agência, que tem mais de 10 anos no mercado goiano,
A bióloga Simone Pelles conta que já tinha feito várias viagens para fora do Brasil com a mesma empresa e nunca teve problema. Agora, com pacote pago para a Alemanha há um ano, ela descobriu que não vai poder viajar. “Para a gente foi uma surpresa. Ninguém esperava. Durante um ano eu paguei esta viagem. Durante um ano eu fiquei esperando, ansiosamente, para não dar em nada”, desabafou.
Redação com G1 Goiânia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia investiga golpe de agência de viagens em Goiânia; Prejuízo chega a R$ 1 milhão

Brasil
Anúncios

Mais um golpe de agências de viagens abala o segmento no Brasil. A agência de viagens London Tour, de Goiânia (GO), simplesmente fechou as portas e deixou dezenas de pessoas a ver navios, muitas delas souberam do fechamento no momento em que estavam no aeroporto para embarcar, no balcão do check-in da companhia aérea. O prejuízo estimado pela Policia Civil é superior a R$ 1 milhão, com mais de 300 pessoas sendo lesadas.
A Polícia Civil investiga se a empresa está enfrentando um processo de falência e se houve o crime de estelionato. Segundo o delegado Webert Leonardo informou à TV Anhanguera que tantos as vítimas quanto os responsáveis pela London Tour serão ouvidos ao longo desta semana. A empresa, por meio de um advogado, informou que será pedida uma recuperação judicial, mas o delegado informou que “há indícios da prática do crime de estelionato e também de crimes contra o consumidor”. A agência, que tem mais de 10 anos no mercado goiano,
A bióloga Simone Pelles conta que já tinha feito várias viagens para fora do Brasil com a mesma empresa e nunca teve problema. Agora, com pacote pago para a Alemanha há um ano, ela descobriu que não vai poder viajar. “Para a gente foi uma surpresa. Ninguém esperava. Durante um ano eu paguei esta viagem. Durante um ano eu fiquei esperando, ansiosamente, para não dar em nada”, desabafou.
Redação com G1 Goiânia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.