Tecnologia da Informação e o Turismo

Cotidiano

O setor turístico foca-se num constante processo de desenvolvimento e a tecnologia da informação evoluem a cada segundo e num piscar de olhos. Nesse ritmo em comum os dois setores representam um papel fundamental na economia.
A tecnologia da informação com seus guias, documentações de projetos e cases alavanca negócios incríveis tornando-se cada vez mais intenso para o setor de turismo. As características do TI é a de reduzir custos, agilizar processos, promover o acesso diretamente aos usuários ou consumidores. As ferramentas desenvolvidas impulsionam negócios com retornos financeiros extraordinários. O avanço da tecnologia cria empresas com níveis de competividade com perfil que obtenham a necessidade ou benefício correspondente.
O turismo é um segmento em constante crescimento e se caracteriza como uma perspectiva fundamental e promissora. Um setor citado como o mais importante para o crescimento econômico de um pais gerando emprego e renda. Melhorar a qualidade de vida e a elevação do PIB de uma região segundo De La torre (1992). Com essa importância o turismo e a tecnologia se integram.
Como vivemos na era da comunicação compartilhada em tempo real através da internet, a distribuição de serviços é intensa e a cadeia de serviços é variada, desde o apoio tecnológico em agências de viagens, operadoras, receptivos, bares, restaurantes, hotéis, pousadas e etc.
E nunca deixar de falar dos celulares com aplicativos, que vão desde de reservas em hotéis, a compra de passagem, a consulta de voos, compras bens, aprender outros idiomas, locação de veículos, planejamento de roteiros e destinos.
A riqueza e possibilidades são imensas com essas ferramentas. Softwares de apoio e hardwares complementam as estratégias de operações de mercado.
Enfim, são diversas atividades e serviços que a TI oferece de suporte ao turismo. É uma metodologia flexível e criativa com avanço da globalização e favorece recursos econômicos. Além de capacitar os profissionais preservando assim sua importância.
O profissional do turismo deve estar preparado para as transformações na era da informação pois as exigências por mais qualidade e agilidade nos serviços estão altas. As pessoas estão cada vez mais intolerantes ao tempo e querem informações eficazes e rápidas.
Ary Junior
Analista e Desenvolvedor de Sistemas
Especialista em Gestão de Projetos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.