Tarifa aérea média cai para R$ 357 em 2017

Aviação Brasil
Anúncios

A tarifa aérea média doméstica real (atualizada pela inflação) fechou 2017 em R$ 357,16, menor valor registrado na série histórica desde 2011. Na comparação com 2016, o dado do Relatório de Tarifas Aéreas Domésticas mostrou uma redução de 0,6%. O preço do quilômetro pago por passageiro (ou, tecnicamente, yield tarifa aérea médio doméstico real), que permite a comparabilidade entre ligações com diferentes distâncias, teve queda de -3,1% em 2017 com relação a 2016. Fechou em R$ 0,308, também o menor da série histórica.
Ao longo de 2017, mais da metade das passagens aéreas efetivamente vendidas, 52,9%, foram comercializadas abaixo de R$ 300, sendo que parte delas, o equivalente a 6,6% do total, foi vendido abaixo de R$ 100. Apenas 0,7% foi comercializado acima de R$ 1.500.
A tarifa média seguiu trajetória de queda apesar do aumento da demanda por transporte aéreo doméstico, medida em passageiros quilômetros pagos transportados (RPK), o que geralmente pressiona os preços para cima. Na comparação com 2016, a procura por voos domésticos no país subiu 3,2% em 2017, configurando reação à retomada do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), que registrou alta de 1% no ano passado*. A oferta doméstica de transporte aéreo, por sua vez, também cresceu em 2017 (1,4%), revertendo retração de 0,5% observada no primeiro semestre, em comparação com iguais períodos de 2016.
A taxa de ocupação (aproveitamento dos assentos das aeronaves) em voos domésticos foi de 81,5%, representando o maior nível da série histórica iniciada em 2000 e uma variação positiva de 1,8% na comparação com 2016. Em termos de passageiros pagos transportados, o crescimento foi de 2,2% no ano, totalizando 90,6 milhões.
Tarifas por empresa
Pela primeira vez, o relatório de tarifas aéreas domésticas publicado pela ANAC detalhou os valores por empresa. A exemplo da tarifa média doméstica real, que caiu 0,6% em 2017, a tarifa média real por companhia, consideradas as principais empresas brasileiras, mostrou redução em relação a 2016:
Aérea             Índice            Tarifa média
Avianca           –0,3%             R$ 358,78
Azul                   -2,2%             R$ 412,23
Latam                -7,3%            R$ 316,17
Gol                        6,6%            R$ 347,34

Assessoria de Imprensa Anac