Operadora esquece dos orelhões que não servem para nada

Cotidiano
Anúncios

A Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel) puniu a operadora Oi, que teve que oferecer os serviços de ligações por meio dos orelhões de graça para os usuários. A medida, no entanto, está muito distante de ser atendida, não em decorrência de uma possível desobediência da operadora, mas pelo fato de as pessoas não conseguirem encontrar os tradicionais e obsoletos orelhões nas cidades.
Em João Pessoa, por exemplo, é raro encontrar um orelhão e, quando se encontra, é numa situação absurda como ilustra a imagem abaixo, sem a proteção e sem qualquer sinal, evidentemente.
E onde ficam os usuários, que, apesar de ser raro a utilização dele, necessitam desse equipamento para as urgências?
Lamentável!!!

Fábio Cardoso