Fornatur discute avanços necessários ao aproveitamento do potencial turístico

A união de esforços por medidas que proporcionem avanços no mercado de viagens nacional marcou os debates de reunião do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), realizada nesta quinta-feira (19), em Brasília (DF). A pauta englobou assuntos como facilidades à importação de equipamentos por parques temáticos e a criação de Áreas Especiais de Interesse Turístico, locais dotados de legislações diferenciadas, voltadas à atração de negócios.
Presente ao encontro, o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, apontou a necessidade de iniciativas que permitam aliar o Brasil a grandes players internacionais do setor. “Não podemos nos isolar do quadro mundial do turismo, e sim permitirmos a internacionalização de negócios. As Áreas Especiais de Interesse Turístico, adotadas com grande sucesso, por exemplo, em Cancún, no México, podem ser replicadas no Brasil, a fim de explorarmos todo o nosso potencial para o turismo”, sustentou.
Também foram abordados temas como o aprimoramento da conectitivade aérea, de forma a se facilitar voos regionais, e a adoção de parcerias público-privadas e concessões para a exploração de serviços na área, como parques naturais. Presidente do Fornatur, Gustavo Arrais, secretário de Turismo de Minas Gerais, ressaltou a importância do trabalho conjunto no sentido de alavancar a ampliação do setor. “Precisamos reforçar nossa representatividade para evidenciarmos a grandeza do turismo”, conclamou.
Técnicos do MTur detalharam ainda o funcionamento do Prodetur + Turismo, linha de crédito operada pelo BNDES que financia projetos de estados, municípios e da iniciativa privada destinados a melhorias no segmento. A ferramenta disponibiliza um total de R$ 5 bilhões em empréstimos e já contempla propostas dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Paraíba, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro.
Ascom Ministério do Turismo

Notícias relacionadas