Vila Galé coloca Touros no mapa turístico e descarta a Paraíba, por enquanto

Cotidiano Destaque Hoteleria
Anúncios

Em um período recorde de construção (16 meses), foi inaugurado neste final de semana o Vila Galé Touros, no litoral norte do Rio Grande do Norte. Antes da solenidade oficial, o presidente do grupo português, Jorge Rebelo de Almeida, anunciou em coletiva de imprensa três novos empreendimentos e descartou, pelo menos por enquanto, investimento na Paraíba. O investimento em Touros foi de R$ 150 milhões com recursos próprios.
No ano passado e em maio deste ano, representantes do Vila Galé estiveram em João Pessoa e Cabedelo para analisar áreas e discutir possibilidades de investimento. Porém, Jorge Rebelo deixou clara a certa decepção com o início de negociações com uma possível falta de interesse do Governo paraibano. Não foi informado que tipo de negociação o grupo pretendia ter para investir no Estado. Na capital, o investimento analisado foi no Distrito Turístico do Cabo Branco.
Sobre os investimentos de fato, o presidente do grupo revelou projetos em um resort em Una (BA), a 30 km de Ilhéus, em fase de licenciamento ambiental e se chamará Vila Galé Costa do Cacau; uma conversão em condo-hotel com 156 apartamentos de dois quartos em Fortaleza (Vila Galé Sun), ao lado da unidade que a rede já mantém na Praia do Futuro; e uma unidade em São Paulo, cujo contrato de conversão deverá ser assinado nesta quarta-feira (05).
Durante o coletiva de imprensa, Jorge Rebelo criticou a política de turismo do Brasil e disse não entender como não se prioriza a atividade turística. O executivo citou pontos como a insegurança jurídica, segurança pública, rotas aéreas, preços de passagens proibitivos, falta de mão de obra qualificada e infraestrutura.

Na opinião de Jorge Rebelo, para ter turismo, é preciso ter transporte aéreo. “Transporte aéreo mais barato e eficiente”. Nesse ponto, o presidente da Vila Galé mostrou a veia de empreendedor, ‘desbravando’ o litoral norte do RN. O empreendimento em Touros pode representar o início de uma revolução econômica na região. A pequena cidade do RN entra no mapa turístico do mundo e passa a ter um outro patamar no que diz respeito à geração de emprego e renda.
Dos funcionários contratados para trabalhar o Vila Galé Touros, 80% da mão de obra são de pessoas nativas de cidade. Nesse ponto, a diretoria do grupo português reconheceu que teve dificuldade de treinar as pessoas para se adequar no que chamam ‘padrão de atendimento’ da rede. Foram três etapas de capacitação, com mais de 1,2 mil candidatos. Foram contratados 285 profissionais, que continuam sendo treinados diariamente ainda. “Não existe a cultura do trabalho na cidade, mas, com boa vontade, conseguimos driblar essas deficiências”.

Touros entra no mapa turístico

Vila Galé Touros Hotel Resort Conference & Spa, localizado a poucos quilômetros de Natal (RN). Com 514 acomodações, o empreendimento possui piscinas, Clube Nep (voltado para as crianças), Spa Satsanga e seis restaurantes ao longo de uma área paradisíaca de 113 mil metros quadrados. O resort vai funcionar no sistema all inclusive. Além disso, o hotel abriga o maior Centro de Convenções do estado, com capacidade para até 1.200 pessoas.
O resort terá seis restaurantes das mais diversas gastronomias disponíveis, piscinas, Spa Satsanga e tudo isso enquadrado neste cenário maravilhoso que é a região de Touros.
A inauguração contou com uma programação especial, com a presença de agentes de viagens de vários estados no Nordeste e imprensa especializada.
A festa, no sábado (01) à noite, após os discursos tradicionais no Centro de Convenções, foi oferecido um jantar especial, regado a shows com a Orquestra do Sesc-RN, a cantora Luciana Melo (filha de Jair Rodrigues) e um grupo de ritmistas da Escola de Samba da Mangueira.
[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=Vq-z9Ga0XXo[/embedyt] [embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=U0LhdtUcWS8[/embedyt] Fábio Cardoso – Fotos: Assessoria de Imprensa