Nord concorre a Prêmio de melhores empresas para se trabalhar

Cotidiano Destaque Hoteleria
Anúncios

Na semana passada, o site Época Negócios e o Great Place to Work apresentaram as 150 Melhores Empresas para Trabalhar 2018, divididas entre 80 grandes, 35 médias nacionais e 35 médias multinacionais, em solenidade ocorrida em São Paulo. Nesta quinta-feira (20), a Rede Nord Hotels, empresa paraibana de administração de hotéis, foi certificada para concorrer nas suas próximas edições até 2019 ao Prêmio entre as melhores empresas para se trabalhar. Constatando um excelente clima organizacional.
A pesquisa foi apurada por uma metodologia de avaliação da Great Place to Work, que criou um índice que avalia o nível de confiança da empresa obtido por meio de formulário aplicado em uma amostra de colaboradores. Para ser certificada com o selo GPTW, a companhia deve atingir o nível de confiança igual ou maior a 70%. Ações de bem-estar aplicadas pelo setor de recursos humanos da empresa também contam na avaliação.
A Nord conta com 11 unidades atualmente no estado da Paraíba e com três projeções de novos negócios fora do mercado paraibano, com 353 colaboradores. De acordo com Patrícia Cantalice, diretora da rede, há uma gestão interna na Nord junto aos colaboradores que cria um ambiente bastante proativo que incentiva a todos saírem da zona de conforto.
Fernando Luna, diretor editorial da Editora Globo, afirmou durante a solenidade do prêmio que “para quem está nessas empresas, segunda-feira não é um trauma”. Segundo ele, um estudo mostrou que 56% dos funcionários não estão satisfeitos com o trabalho. “É uma verdadeira epidemia de frustração”. Luna ressaltou a importância do desânimo passar longe das empresas.
“Gente feliz é 10% mais produtiva. Portanto, chega de ambiente tóxico. Chega de guerra corporativa… “. Ruy Shiozawa, presidente do Great Place to Work, chamou a atenção para os novos desafios enfrentados pelas companhias. “A revolução digital está mudando tudo em gestão”.
Desta forma, a Rede Nord se coloca à frente de centenas de empresas de todo o País que buscam melhores resultados investindo nos colaboradores, que são os maiores patrimônios, divisores de água entre o sucesso e o fracasso.

Fábio Cardoso, com Site Época Negócios