Média de ocupação hoteleira em João Pessoa é de 92,8% no feriadão

O feriado da Proclamação da República, comemorado nesta quinta-feira (15), reflete positivamente na rede hoteleira de João Pessoa. Dados da ABIH-PB (Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, seccional Paraíba) apontam que a média de ocupação até domingo (18) será de 92,8%. Muitos hotéis localizados na orla marítima da capital paraibana estão com ocupação em quase 100%.

O fluxo de turistas também é reflexo de dois eventos que estão sendo realizados na cidade, o Festival Sesi Bonecos do Mundo e o XVI Festival Paraibano de Coros. E esse índice pode se prolongar até a próxima terça-feira (20), por conta do feriado da Consciência Negra, que presta homenagem a Zumbi, um africano que nasceu livre, mas foi escravizado aos seis anos de idade. O feriado acontece em 15 estados, entre eles São Paulo, Alagoas e Bahia.

A presidente da ABIH-PB, Manuelina Hardman, disse que já existia uma boa expectativa dos hoteleiros em relação à movimentação de turistas nesse final de semana, pelo volume de reservas feitas. A associação conta com 26 empreendimentos hoteleiros associados e a perspectiva é de que a movimentação de turistas tenda a crescer a partir de agora com a chamada alta estação.

O percentual acima de 90% de ocupação da rede hoteleira de João Pessoa confirma levantamento do Voopter – aplicativo especializado na comparação de preços de passagens aéreas – que apontou a capital da Paraíba como o 18º destino mais buscado e o 20º de pessoas partindo de São Paulo, maior emissor de turistas para o Nordeste.

O Voopter realizou um levantamento para identificar as cidades mais buscadas e com as melhores ofertas para viajar durante o feriado prolongado de 15 (Proclamação da República) a 20 de novembro (Consciência Negra). A análise levou em consideração o período de 1 de agosto a 25 de outubro e utilizou como parâmetro as datas de ida 15, 16, 17 e 18 de novembro com volta nas datas de 19 e 20 de novembro.

Assessoria de Imprensa

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *