João Pessoa mostra efervescência cultural e atrai grandes eventos internacionais

A cidade de João Pessoa tem se consolidado como um espaço de efervescência cultural. São shows, exposições, eventos internacionais e uma grande opção de cultura local para o público e tudo de modo gratuito. Tamanha diversidade coloca a cidade no mapa das cidades que atraem grandes eventos, o que impulsiona o turismo local. Para os dois últimos meses do ano, a previsão é de ocupação superior a 90% na rede hoteleira, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH).

Nesta última semana do mês de novembro, a cidade de João Pessoa tornou-se a capital mundial das cidades criativas. Representantes de diversas cidades de todo o mundo que, assim como a Capital paraibana, foram reconhecidas e fazem parte da Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco, estiveram na Capital para a Feira Internacional de Economia Criativa, uma realização da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) em parceria com o Sebrae e o aval da Unesco.

Para o secretário de Turismo da PMJP, Fernando Milanez, o turismo da Capital está em outro momento após o título da Unesco de Cidade Criativa. “A cidade já vinha ganhando um reconhecimento em virtude da infraestrutura que o prefeito Luciano Cartaxo tem colocado, inclusive com a revitalização do Centro Histórico. O título da Unesco coroou esse trabalho e trouxe o reconhecimento internacional, colocando João Pessoa no mapa de cidades com forte efervescência cultural e importância turística”, disse.

Feira Internacional de Economia Criativa – É uma das atividades do Programa João Pessoa Cidade Criativa da Unesco. A iniciativa da atividade é do Sebrae Paraíba, com apoio do Sebrae Nacional e Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), IFPB, UFPB, Unipê e outras instituições parceiras. O evento, que foi encerrado no último sábado, contou com cinco salões: Gastronomia, Música, Design, Artesanato e Cinema, além de um Simpósio de Agricultura Familiar e um Festival de Arte Urbana. Houve oficinas, workshops, shows musicais, mesas redondas e exibição de filmes nacionais e estrangeiros.

Música Clássica – Neste final do mês de novembro está em curso um dos grandes eventos internacionais consolidados no calendário da Capital: O Festival de Música Clássica. A maratona de concertos e masterclasses se iniciou no domingo (25) e acaba no dia 1º de dezembro. São dezenas de artistas que desembarcam na Capital para partilhar conhecimento, além de concertos com músicos nacionais e internacionais que lotam os grandes pontos do Centro Histórico da Capital.

Centro Histórico – Nos últimos dois anos, a Casa da Pólvora, Pavilhão do Chá, Casarão 34, Praça Rio Branco e Hotel Globo ganharam fôlego com os investimentos e ampliaram a oferta de opções culturais para aliar cultura, história e lazer. Aos domingos, por exemplo, há o projeto ‘Pólvora Cultural”, que leva ao público música instrumental, samba e MPB, e tem o objetivo de seguir a política de ocupação ordenada e responsável do Centro Histórico. Os shows acontecem sempre às 16h e são gratuitos.

Teatro de Bonecos – Outro grande atrativo de proporções internacionais que desembarcou em João Pessoa no mês de novembro foi o teatro de bonecos. No festival de bonecos estiveram em cena companhias de cinco países – Rússia, República Tcheca, Argentina, Chile, Peru e Estados Unidos – além do Brasil, que está representado por companhias de oito estados. Todos participam do projeto Sesi Bonecos do Mundo, o principal evento dessa arte cênica no País e um dos mais importantes do mundo. O evento aconteceu no Parque da Lagoa. Além das apresentações, o público também pôde contemplar uma exposição com quase 300 bonecos. Boa parte deles do acervo de Magda Modesto, umas das maiores pesquisadoras brasileiras sobre o tema.

Secom João Pessoa

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *