Paraíba estreita relação educacional com universidade da Espanha

O governador Ricardo Coutinho assinou nesta segunda-feira (26), na Espanha, convênio com a Universidade de Salamanca, a quarta mais antiga instituição de ensino superior da Europa, para desenvolvimento de parcerias entre o governo da Paraíba e a universidade espanhola. O pacto garantirá a ampliação dos programas Gira Mundo e Prima (Projeto de Inclusão Através da Música e da Arte), além de projetos nas áreas de pesquisa e intercâmbio profissional e cultural. O governador eleito da Paraíba, João Azevedo, também esteve presente ao ato.

A parceria foi firmada durante reunião com o Magnífico Reitor da USAL, Ricardo Rivero Ortega, e o diretor do Centro de Estudos Brasileiros na Universidade de Salamanca, Ignacio Berdugo Gómez de la Torre. O governador Ricardo Coutinho reassume o Governo do Estado nesta quinta-feira (29).

Ricardo Ortega recepcionou os governadores da Paraíba em encontro oficial na sede da instituição, em Salamanca. Ele elogiou a iniciativa dos programas desenvolvidos na Paraíba. “Cuidamos das pessoas e valorizamos os gestores públicos que têm políticas públicas neste sentido”, afirmou o reitor. O Gira Mundo leva estudantes da rede pública estadual para intercâmbio no exterior e o Prima oferece aulas de instrumentos de música clássica.

Ricardo Ortega destacou ainda que a preservação dos direitos humanos é um princípio básico da Universidade de Salamanca. Para ele, os gestores públicos que não desenvolvem programas de inclusão social e acesso à educação estão “condenados ao fracasso”.

Na ocasião, Ricardo Coutinho discorreu sobre o processo de transformação educacional que vem desfrutando a Paraíba nos últimos oito anos. E destacou a importância de um programa como o Gira Mundo, que já levou mais de 350 estudantes da rede pública estadual, além de 170 professores e gestores da educação, para intercâmbio no Canadá, Espanha, Portugal, Finlândia, Argentina e Israel. “Muito além dos investimentos que fizemos na construção e reforma das nossas escolas, na valorização salarial dos professores, na implantação de 100 escolas em tempo integral, entre outras intervenções, o Gira Mundo mexeu com a rede. Porque apresentamos oportunidades pelas quais nossos jovens, por méritos próprios, possam querer progredir”, disse.

Durante a reunião foi exibido um vídeo produzido pela Secretaria de Comunicação Institucional sobre as experiências já vivenciadas no Gira Mundo e no Prima.

O reitor Ricardo Ortega presenteou o governador Ricardo Coutinho e o governador eleito, João Azevedo, com um livro sobre a histórica biblioteca da Universidade de Salamanca, que tem em seu acervo os primeiros livros impressos no mundo. O governador da Paraíba retribuiu o gesto deixando uma agenda confeccionada pelo Jornal A União para o ano de 2019, na qual se destacam poetas paraibanos, bem como uma edição do livro sobre os oitos anos do Orçamento Democrático na Paraíba.

Estavam presentes ainda à assinatura do convênio os secretários de Estado da Comunicação, Luís Tôrres, e das Finanças, Amanda Rodrigues, que integraram a comitiva do governador Ricardo Coutinho durante cumprimento da agenda institucional em Salamanca. Além das professoras da Universidade Federal da Paraíba, Marinalva Conserva, e Antônia Picornell, e coordenadores do programa Gira Mundo, a exemplo de Túlio Serrando, da Secretaria Estadual da Educação; e o consultor Sinoel Batista.

Universidade de Salamanca –  A Universidade de Salamanca é a quarta universidade mais antiga da Europa. Foi fundada em 1218 pelo Rei Alfonso IX de León e por ela já passaram centenas de personagens ilustres da literatura, da política, do direito e da história mundial, entre elas Hernan Cortez, conquistador do México. Atualmente, a Universidade de Salamanca continua a manter a sua grande capacidade de atração e tem uma população estudantil estável de cerca de 30.000 alunos, de todas as partes do mundo para cursos de licenciatura, bacharelado e pós-graduação. Em Salamanca, é formada por um conjunto de prédios que formam complexo histórico e turístico da cidade, atraindo turistas e visitantes de todo o mundo. Mas conta ainda com outros oito campi distribuídos entre Ávila, Zamora, Béjar e Villamayor, entre os quais, incluindo o campus de Salamanca, são distribuídas as 26 faculdades e faculdades e os 12 centros de pesquisa que abrangem aspectos tão variados como as biociências ou o laser, passando por empreendimentos agroalimentares , neurociências, estudos de história ou pesquisa básica, entre outros.

Visita a Biblioteca da USal – Após a assinatura do convênio na sala do reitor da Usal, os governadores Ricardo Coutinho e João Azevedo, junto com a comitiva, foram visitar a antiga biblioteca da instituição, a Biblioteca Geral Histórica. Ela possui 2.774 manuscritos, 483 “incunábulos” (obras impressas antes do século XVI) e cerca de 62.000 volumes impressos entre os séculos XVI e XVIII. Os governadores tiveram acesso à sala que guarda as mais antigas obras impressas do mundo. Um espaço que só é aberto à visitação para autoridades públicas reconhecidas pela instituição. “Foi um privilégio para nós recebermos essa distinção e podermos ver com nossos próprios olhos as primeiras obras impressas do mundo”, destacou o governador eleito João Azevedo. Entre os livros, obras do século de XVI exibindo desenhos de mapas onde já se registrava a existência oficial da Paraíba.

Visita a prefeito de Salamanca – Cumprindo a agenda institucional em Salamanca, o governador Ricardo Coutinho e o governador eleito, João Azevedo, junto com a comitiva da Paraíba, fizeram uma visita oficial ao prefeito da cidade espanhola, Alfonso Fernandez Mañueco, na manhã da terça-feira (27). O prefeito recepcionou a delegação na sala principal da sede da prefeitura de Salamanca, que fica na Plaza Mayor, praça principal, e falou sobre a história e desafios da cidade, declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco há 30 anos e um destino preferencial no ensino de espanhol. Ele comentou ainda sobre o sistema político e o modelo de gestão municipal na Espanha.

O governador Ricardo Coutinho entregou um exemplar do livro do Orçamento Democrático na Paraíba e destacou que ouvir a população representava a melhor forma de se governar. O prefeito se colocou à disposição para contribuir com o processo de intercâmbio entre a Paraíba e Salamanca.

Secom Paraíba

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *