Embraer e Uber desenvolvem protótipo de carro voador

Aviação

Carros voadores estão deixando de ser peça de ficção e decolando para valer. A Boeing, gigante da aviação, concluiu o primeiro teste de sua aeronave autônomo. Apesar de a voltinha não ter durado mais do que alguns segundos, o veículo que foi ao ar representa um avanço já que há um ano tudo não passava de um conceito na prancheta de algum engenheiro da empresa. A primeira decolagem da aeronave ocorreu nesta terça-feira (23) na Virgínia, nos Estados Unidos. Chamada oficialmente de veículo aéreo autônomo de passageiros (PAV), a aeronave possui características diferentes daquelas com que você está acostumado.

A começar pelo formato: ela possui duas asas, uma hélice na parte traseira e nenhuma turbina; presos à cabine de tripulantes, há dois trilhos, em que são posicionadas quatro hélices em cada um. Ele tem 8,5 metros de altura e 9,5 metros de comprimento. Todo o design é pensado para que o PAV funcione de forma nada tradicional. Impulsionado pelas hélices dos trilhos, a aeronave decola na vertical, enquanto as aeronaves utilizadas atualmente percorrem grandes distâncias para decolar na horizontal. No vídeo publicado pela Boeing é possível ver o PAV decolando na vertical e pousando. Segundo a empresa, a aeronave é capaz de voar por 80,5 quilômetros. Os próximos testes focarão exatamente nisso: transição na decolagem na vertical para voo na horizontal.

O veículo aéreo foi construído pela Aurotra Flight Science a pedido da Boeing NeXt, braço da gigante da aviação que conduz os projetos em mobilidade aérea urbana.

Uol com assessoria de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.