Bate e volta para Recife e Olinda está mais caro, porém mais procurado

Carnaval 2019

Os preços das excursões para o Carnaval de Recife e Olinda – mais conhecidas como “Bate e Volta” – subiram, em média, 18% este ano, em relação a 2018. As reservas também aumentaram, cerca de 25%, o que tem deixado os prestadores de serviços turísticos mais otimistas, já que a procura no ano passado ficou abaixo do esperado. E para se destacar da concorrência, tem empresa investindo em brindes e em concurso cultural para premiar a melhor fantasia do Bate e Volta.

“Todo ano a gente procura oferecer um serviço diferenciado. Porque não é só levar e trazer o passageiro. É preciso criar um clima de interatividade, para que a diversão comece ainda em João Pessoa”, comentou o turismólogo Diego Morais Olímpio, que trabalha na GA Locadora e Turismo – empresa que vai presentear os passageiros com copo personalizado e Kit Ressaca, sortear brindes e premiar a melhor fantasia em cada excursão.

O Bate e Volta custa R$ 70 por pessoa. Segundo Diego, o reajuste de 18% não afastou os foliões, pois a empresa estima transportar entre 800 e mil pessoas durante os quatro dias de Carnaval, 20% a mais que em 2018. As reservas começaram no início de fevereiro, mas é na semana que antecede o evento que a procura se intensifica. “Olinda é o destino mais procurado porque oferece um Carnaval original, cultural e acessível. Você consegue brincar de boa na rua com pouco dinheiro”, destacou o turismólogo.

A presidente da Cooperativa de Transporte e Turismo Extremo, Paola Arruda, revelou que este ano a quantidade de reservas está muito melhor. “O Carnaval de 2018 não foi bom. O número de reservas caiu, em média, 30%. Em contrapartida, este ano estamos recebendo ligações desde o dia quatro de fevereiro quando fizemos o primeiro anúncio nas redes sociais”, contou. O Bate e Volta custa R$ 60 por pessoa ou R$ 700 uma van particular para um grupo de 15 foliões.

De acordo com os prestadores de serviços turísticos, os reajustes nos preços das excursões foram necessários para cobrir gastos com gasolina, estacionamento e aluguel dos veículos. As empresas de receptivo de João Pessoa também estão de olho no público que quer fugir da badalação do Carnaval com opções de excursões para destinos que saem do circuito Recife-Olinda. “Fazemos o transporte de passageiros para retiros religiosos em Campina Grande e também levamos famílias para resorts em Porto de Galinhas e Natal”, contou Paola Arruda.

A coordenadora de Marketing da Luck Receptivo, Iara Furtado, revelou que a empresa está sempre atenta aos turistas que escolhem a Paraíba como destino turístico para passar o Carnaval. “Esse público está em busca de atividades mais tranquilas. Por isso procuramos oferecer normalmente nossos passeios, como o City Tour por João Pessoa, os roteiros para os Litorais Sul e Norte, o famoso entardecer na Praia do Jacaré, além de opções para o interior da Paraíba”, destacou.

Ellyka Gomes – Jornal Correio da Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.