Empresários querem transformar Avenida Edson Ramalho em ‘shopping a céu aberto’

Cotidiano Destaque

Os empresários que têm estabelecimentos comerciais na Avenida Edson Ramalho, em Manaíra, criaram o Grupo de Cooperação de Negócios (GEAVER), em 2018, com o objetivo de promover uma série de ações para melhorar o atendimento aos clientes, estabelecendo inicialmente três projetos prioritários: segurança, iluminação e mobilidade. A ideia é transformar uma das principais avenidas comerciais de João Pessoa em um shopping a céu aberto, sem distinguir os clientes em relação à classes sociais.

De acordo com Luciana Rabay, consultora da Brazilliant Consultoria, o fortalecimento do comércio da Edson Ramalho passa diretamente por uma completa reestruturação, que envolve desde campanhas de marketing e promoções, passando pela sua infraestrutura, treinamentos e capacitações de funcionários, até um processo de desmistificação em relação ao seu público alvo.

A avenida tem 129 estabelecidas, que atendem a todos os públicos indistintamente. Porém, ela ficou estigmatizada como uma ‘Oscar Freire’ de João Pessoa – uma das ruas mais caras da cidade de São Paulo -, sem que necessariamente todas as lojas atendam o público das classes A e B. Segundo Luciana Rabay, a proposta é ampliar o atendimento para públicos das classes C e D também. 

A ideia de criar o Grupo e estabelecer ações conjuntas partiu justamente de umas das ações realizadas no ano passado, como o Setembro Amarelo e Outubro Rosa, quando, na oportunidade, houve uma grande adesão dos lojistas da avenida. Somente no Outubro Rosa, campanha de esclarecimento sobre a importância de preveção do câncer de mama, foram distribuídas senhas para a realização de mais de 200 exames de mamografia, apenas com o repasse de um percentual na venda de camisetas alusivas à campanha.

“Devido aos bons resultados alcançados e à sinergia entre os participantes, surgiu a necessidade de uma formalização do grupo, com reuniões para discussão de assuntos pertinentes aos estabelecimentos envolvidos”, apontou Luciana Rabay.

Primeira reunião do grupo de empresários que têm investimento na Avenida Edson Ramalho

Na primeira reunião dos empresários, no início de fevereiro deste ano, foram definidas as primeiras estratégias para o grupo, como a sua identidade visual e assinadas duas solicitações relativas à iluminação e segurança na avenida, ambas já encaminhadas e entregues à Prefeitura de João Pessoa e ao Governo do Estado, respectivamente. Na quinta-feira passada foi realizada uma segunda reunião.

No GEAVER, conforme a consultora, busca-se cooperação em prol do crescimento e fortalecimento de todos do grupo, para que depois seja formalizada em associação. “A decisão é de permanecer assim”, afirmou. Foi criada uma comissão formada por cinco empresários. “Não tem CNPJ ainda e provavelmente não terá até o meio do ano, porque as ações de cooperação devem ocorrer sem obrigatoriedade, para que a central de negócios ou o marketing territorial dê certo”.

Luciana Rabay enfatizou que existem vários nomes e metodologias sendo aplicadas. O Marketing Territorial – estratégias para desenvolvimento de empresas numa determinada região geográfica. No caso da Avenida Edson Ramalho, haverá uma série de ações como adesivagem e sinalização das empresas participantes ainda em março, assim como a criação das mídias sociais e presença digital do GEAVER.

“Iremos trabalhar para melhorar a segurança em toda a extensão da avenida, com um sistema de iluminação melhor, com instalação de lâmpadas de LED pela prefeitura; além da mobilidade, onde iremos procurar padronizar as calçadas, permitindo a criação de mais espaços para estacionamentos, permitindo que haja uma harmonia entre motoristas e pedestres.” Luciana Rabay

Fábio Cardoso – Fotos: Cacio Murilo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.