Virgin Atlantic vai vender pacotes para outros destinos brasileiros

Aviação Destaque
Anúncios

A presidente da Embratur, Teté Bezerra, comemora a confirmação do primeiro voo da companhia aérea britânica Virgin Atlantic, que anunciou voos diários entre Londres e São Paulo a partir de 2002. Teté ressalta que Instituto participou das tratativas e os esforços empreendidos pelo Instituto para a captação de novos voos internacionais e considera o aumento da conectividade aérea fundamental para o incremento do número de turistas estrangeiros no Brasil.

“O Brasil tem extensão territorial continental e está distante dos principais centros emissores internacionais de turistas. Neste cenário, a conectividade aérea é estratégica. O estímulo à concorrência neste mercado é importante para o aumento do número de assentos e também para atenuar o Custo Brasil”, analisa Teté Bezerra.  

Está pronta a ser votada na Câmara dos Deputados a medida provisória que amplia de 20 em até 100% a entrada de capital estrangeiro nas empresas aéreas nacionais. Segundo a presidente da Embratur, esta é mais uma medida que visa aquecer este mercado com aumento de competitividade. A matéria está na pauta desta semana do plenário da Casa.

Outra novidade é que a Virgin Holidays, operadora de turismo do grupo, irá comercializar, pela primeira vez, pacotes turísticos incluindo destinos brasileiros. Além de São Paulo, que receberá a nova frequência, o turista internacional poderá se conectar com outros destinos como Foz do Iguaçu e Rio de Janeiro, além da possibilidade de conhecer a Floresta Amazônica e as praias do estado de Santa Catarina.

O executivo da companhia Juha Jarvinen defende que a nova rota visa capitalizar a economia brasileira, que está em fase de crescimento. Segundo ele, “São Paulo representa uma oportunidade incrível para o nosso negócio e estamos muito animados para voar para um novo continente pela primeira vez”.

A Virgin Atlantic foi fundada em 1984 e opera rotas de longa distância entre o Reino Unido e América do Norte, Caribe, África, Oriente Médio, Ásia, Austrália e, a partir do ano que vem, para América do Sul, com o novo voo para São Paulo.

Redação com Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.