João Pessoa sedia seminário para as pessoas conhecerem o que é economia criativa

Destaque Eventos

Muito se tem falado sobre economia criativa e suas possibilidades, mas você sabe o que o termo significa? De acordo com a gestora de turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim, economia criativa é a soma dos valores econômicos e culturais. Tem como princípios a diversidade cultural, a sustentabilidade, inovação e inclusão social.

Ainda segundo Regina Amorim, a economia criativa faz parte das novas economias do século XXI, junto com a economia colaborativa, economia compartilhada e economia de valores ou Multimoedas.

A economia criativa é importante não só para a Paraíba, mas para o Brasil e o mundo. Atualmente, esse tipo de economia representa 10% do PIB mundial, segundo Regina Amorim, que afirma que essa é a economia da abundância, pois trabalha com recursos que são ilimitados: criatividade, tecnologia, conhecimento e cultura.

A maior dificuldade, diz Regina, é que as pessoas, na sua maioria, não sabem ainda o que é a economia criativa. “Por isso utilizam tão pouco do seu potencial criativo, para criar negócios inovadores, que agregam valor aos negócios tradicionais e por isso são mais competitivos e não têm concorrentes”.

Outra dificuldade é que as pessoas não estão buscando a capacitação para os novos tempos, que tem um novo perfil de consumidor, de profissional e de empresariado. “Até 2030, apenas 35% das atividades laborais ficarão no mercado, pois serão substituídas por tecnologias já conhecidas. Portanto, quanto mais cedo os empresários e profissionais se capacitarem, mais terão tempo de se adequar aos negócios criativos e colaborativos do século XXI”, disse a gestora.

Ações do Sebrae

Regina Amorim explicou que, na tentativa de exercitar uma nova forma de pensar o desenvolvimento da Paraíba e dos municípios, o Sebrae está atuando com o projeto de Economia Criativa nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Queimadas e Cabedelo. A entidade pretende fechar parcerias com mais cinco municípios paraibanos.

Na próxima quinta-feira (28), João Pessoa será sede do Seminário Internacional de Economia Criativa, que acontecerá no Centro de Convenções. O evento tem o propósito de expor estratégias, compartilhar tendências e apresentar resultados práticos, utilizados em outros países. Será uma oportunidade para aprofundar conceitos, conhecer ferramentas, cases e ampliar o entendimento sobre o tema.

“Precisamos alinhar esse conhecimento junto aos empreendedores, empresários, imprensa, entidades técnicas, entidades de ensino superior, entidades de classe do turismo, do comércio, e profissionais que atuam em áreas criativas, tais como: artes plásticas, audiovisual, cinema, teatro, música, circo, publicidade, design, arquitetura, jornalismo, websites, eventos, moda, turismo, gastronomia, museus, artesanato, arte popular”, afirmou Regina.

“Com a participação nesse Seminário Internacional de Economia Criativa, muitos terão a clareza dos caminhos a serem seguidos e a oportunidade será para todos os que tiverem a informação e o conhecimento necessário”, completou.

Bárbara Wanderley – Jornal Correio da Paraíba

Centro de Convenções de João Pessoa

João Pessoa sediará Seminário Internacional

Por que o mercado de economia criativa tem ganhado tanto destaque? E como inovar no mercado de bens e serviços utilizando as novas economias? Essas são perguntas frequentemente feitas quando se aborda o tema da economia criativa e que serão respondidas, ao lado de muitas outras, durante o Seminário Internacional de Economia Criativa, que será realizado no dia 28 deste mês, das 08h às 12h e das 14h às 17h, no Centro de Convenções, em João Pessoa.

O diretor municipal de economia e inovação de Lisboa, Bernardo Gaeiras, vai abordar, durante sua palestra, as estratégias utilizadas pela câmara municipal para apoiar a criatividade na cidade. Já a professora de sociologia dos processos culturais e comunicativos da Universidade de Roma, Barbara Maussier, vai proferir palestra sobre o futuro dos eventos. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, vai palestras sobre as estratégias que fizeram da capital paraibana uma cidade criativa e como ela busca a sustentabilidade nesse processo.

As inscrições estão abertas e podem ser efetuadas na página da loja do Sebrae na internet (https://loja2.sebraepb.com.br/loja/loja/evento/2037063), nos valores de R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). Dentre as temáticas abordadas durante o seminário, também estarão a criatividade e inovação como diferencial competitivo e a atuação do Porto Digital do Recife.

PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO
Dia 28 de março
8h – Credenciamento
9h – Abertura
9h30 – Painel: Criatividade e Inovação como Diferencial Competitivo (Palestrante: Lala Deheinzelin)
10h20 – Creative Coffee
10h30 – Painel: Lisboa Criativa – Estratégias da Câmara Municipal de Lisboa de Apoio à Criatividade na Cidade (Palestrante: Bernardo Gaeiras – Lisboa)
11h20 – Painel: João Pessoa – Cidade Sustentável e Criativa Palestrante: Luciano Cartaxo).
12h – ALMOÇO
14h – Painel: O Futuro dos Eventos (Palestrante: Barbara Maussier – Roma)
14h50 – Painel: Porto Digital do Recife – Atuação nas áreas de tecnologia da informação e comunicação e economia criativa. (Palestrante: Carla Costa)
15h50 – Painel: O Futuro em Tempos de Complexidade e Transformação Digital (Palestrante: Rosa Alegria)
17h – Encerramento

Assessoria de Imprensa Sebrae-PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.