Prefeito entrega projeto que regulamenta aplicativos de passageiros em Campina Grande

Cotidiano
Anúncios

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, entregou, nesta terça-feira (07), à vereadora Ivonete Ludgério, presidente da Câmara Municipal da cidade, o projeto de lei que regulariza o serviço de transporte de passageiros por aplicativos, que busca arantir mais eficiência, qualidade e segurança para a motoristas, sobretudo, os com residência fixa no município, e usuários.

A solenidade, que contou com a presença de secretários e auxiliares da Prefeitura, vereadores e dezenas de condutores cadastrados nas diversas ferramentas virtuais, representados por Germóglio Bezerra, presidente da Associação dos Motoristas Particulares de Aplicativos de Campina Grande, aconteceu no plenário da “Casa de Félix Araújo”.

Romero esteve acompanhando do secretário-chefe de Gabinete, Bruno Cunha Lima e do superintendente de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) da cidade, Félix Neto, além do secretário de Cultura Jóia Germano e do coordenador de Comunicação do município, Marcos Alfredo Alves.

Celeridade

Em uma fala rápida, o prefeito pediu a colaboração dos vereadores no sentido de que pudesse haver agilidade no processo de discussão do projeto de lei.

“Esse parlamento deve ter a autonomia que sempre teve para discutir suas pautas e, caso julgue necessário, realizar as devidas emendas e alterações. Mas estamos diante de um projeto de lei, construído a quatro mãos, com a Procuradoria Geral do Município, que se baseia em cases de sucesso, como as de Brasília e São Paulo, e a STTP atendendo as sugestões da associação. O município, os motoristas e os usuários com certeza vão sair ganhando com a aprovação rápida dessa matéria”, pontuou Romero.

13º salário em junho

O discurso do gestor foi corroborado pela fala do representante dos motoristas, Germóglio Bezerra, que elogiou bastante o texto do projeto de lei e reproduziu o pedido do prefeito no sentido de que a tramitação possa ser acelerada.

“O Maior São João do Mundo está chegando e é nesse período que nossa categoria consegue faturar o que chamamos de nosso 13º salário. Então precisamos dessa regulamentação para o que o próprio Município consiga ter mais controle sobre os aplicativos. Todo mundo vai se beneficiar com esse projeto”, destacou o motorista.

A presidente da Câmara comunicou que o Legislativo campinense vai funcionar em regime excepcional no mês de maio. A previsão da vereadora é de haja a realização de quatro sessões semanais, o que agilizaria o processo de discussão e aprovação do projeto de lei que visa regularizar o serviço de transportes por aplicativos.

Codecom Campina Grande

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.