No dia do guia de turismo, categoria luta por reconhecimento e combate à pirataria

Destaque Paraíba
Anúncios

Nesta sexta-feira (10) está sendo comemorado o Dia do “guia de turismo”. Na Paraíba existem atualmente cerca de 280 profissionais credenciados que estão legalmente aptos a prestar o serviço, no entanto, a realidade da categoria é muito diferente por uma série de situações.

Todo transporte que caracteriza um passeio turístico tem que contar, por força da lei, com um guia de turismo. Porém, conforme sempre tem denunciado o sindicato da categoria, há uma concorrência desleal de vendedores de catamarã, taxistas e até motoristas de aplicativos.

Já se tornou rotina a ação desses grupos também na frente dos principais hotéis instalados na orla de João Pessoa, inclusive, segundo uma fonte, com passeios intermediados até por funcionários dos empreendimentos hoteleiros, que estariam recebendo comissão.

O sindicato afirma que está se unindo e organizando para melhorar o atendimento aos clientes, padronizando a prestação dos serviços, mas, sobretudo, reforçando ações no combate à pirataria aos motoristas de aplicativos e taxistas, que atuam livremente colocando em risco os próprios turistas.

Nesse sentido, há cerca de dois meses, foram realizadas reuniões com representantes de todos os segmentos da cadeia do turismo na PBTur (Empresa Paraibana de Turismo) para a criação de um tipo de força tarefa para combater a pirataria. Até o último encontro, a informação era de que estavam sendo editados informativos e folders para ser iniciada a primeira fase da campanha.

Mesmo com essa e outras tantas campanhas já organizadas por diversos órgãos, fundamental é que os próprios turistas tenham a consciência de que nem sempre o mais barato é o melhor e que sempre existe o risco de sair caro. Há muitos exemplos disso. O turista deve recorrer aos serviços legalizados.

Guias de Turismo da Paraíba se unem para melhoria prestação de serviço e para combater a pirataria

Fábio Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *