Avião Embraer-190 pousa em Mianmar sem as rodas dianteiras

Aviação Destaque

Um avião Embraer-190 da companhia aérea Myanmar Airlines conseguiu pousar apesar de um problema no trem de pouso dianteiro. “Uma proeza do piloto elogiada por especialistas”, anunciou a Aviação Civil mianmarense. O voo UB-103 da Myanmar Airlines pousou em Mandalay, a segunda maior cidade de Mianmar, às 9h deste domingo (11) (23h30 de sábado em Brasília).

Segundo o órgão, as 89 pessoas a bordo (sete eram tripulantes) do avião fabricado no Brasil passam bem.

O piloto tentou, sem sucesso, ativar o trem de pouso dianteiro, equipamento responsável por dar direção ao avião durante seu deslocamento no solo. Primeiro ele tentou acioná-lo usando o computador, depois manualmente. Como o equipamento não respondeu aos comandos, o piloto decidiu pousar sem a utilização das rodas dianteiras, disse Ye Htut Aung, vice-diretor da Aviação Civil.

“Eles tiveram que pousar com as rodas traseiras, o piloto foi capaz de fazê-lo com talento e não houve vítimas”, acrescentou ao classificar o ocorrido de “falha técnica”.

O vice-diretor garantiu que todos os jatos da companhia são checados diariamente antes de levantar voo, e que já enviou engenheiros para verificar o estado do Embraer-190. Um dos passageiros afirmou à AFP que “todos os passageiros estão bem”. “Saiu um pouco de fumaça quando pousamos”, disse Soe Moe.

Em nota, a Embraer disse que havia sido informada sobre a ocorrência com uma aeronave Embraer E190 que operava o voo UB 103 da Myanmar National Airlines, no aeroporto de Mandalay, em Mianmar. “Todos os passageiros e tripulantes deixaram a aeronave em segurança. A Embraer está oferecendo sua total cooperação às autoridades de aviação para auxiliar na investigação.”

Agências e assessoria de imprensa Embraer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *