Brasília sedia Workshop Nacional do Programa de Revitalização do Ecoturismo Náutico Brasileiro

Cotidiano Eventos
Anúncios

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) promove na próxima quinta-feira (16), às 14h, no auditório Ipê Amarelo, na sua sede, em Brasília, o 1º Workshop Nacional do Programa de Revitalização do Ecoturismo Náutico Brasileiro.

O evento visa discutir os vários aspectos do ecoturismo náutico, diagnosticar os gargalos inerentes ao setor e desenvolver estratégias para vencer os desafios e melhorar os serviços e as estruturas utilizadas na atividade no Brasil.

A abertura será feita pelo ministro Ricardo Salles. Em seguida, o secretário de Ecoturismo do MMA, Gilson Machado, dará palestra sobre Ecoturismo Náutico e Oportunidades, e o secretário Especial de Pesca, Jorge Seif Junior, falará sobre O Mercado de Embarcações no Brasil. Ao final, haverá debate entre os presentes.

Além de gestores e servidores do MMA, participarão do workshop representantes dos ministérios do Turismo e de Relações Exteriores, Polícia Federal, Receita Federal, Anvisa, Antaq, ICMBio, Ibama e Conselho Nacional de Turismo. Eles vão propor melhorias para a gestão do setor.

O evento é organizado pela Secretaria de Ecoturismo do MMA, criada na atual gestão para fomentar e definir políticas públicas que promovam a conscientização ambiental, o desenvolvimento socioeconômico e a sustentabilidade nos diversos segmentos do turismo na natureza.

Sustentabilidade

O setor de turismo náutico movimenta estaleiros, pessoal de bordo (navegação e manutenção) e outros prestadores de serviço, produzindo valor agregado da ordem de 100 bilhões de dólares. A taxa de crescimento gira em torno dos 5% ao ano, um índice considerável.

A sustentabilidade está no centro das discussões do turismo náutico. Dependendo de como venha a ser praticada, a atividade pode causar sérios impactos ao meio ambiente. Isso exige dos operadores e, principalmente, dos órgãos reguladores e fiscalizadores a adoção de medidas e normas bem definidas para evitar danos à natureza.

Ao mesmo tempo em que se preocupa com a sustentabilidade do turismo náutico, a Secretaria de Ecoturismo do MMA reconhece essa tendência de consumo como uma oportunidade de valorizar as potencialidades do turismo na natureza no Brasil. Exatamente por isso, busca incentivar o debate entre os vários setores envolvidos a fim de encontrar o melhor modelo para a prática da atividade.

Conservação

O ecoturismo é um segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural, incentiva a conservação e busca formar uma consciência ambiental entre a população. O principal desafio é aliar a preservação do meio ambiente ao desenvolvimento econômico, gerando emprego e renda para todos.

O Brasil é um dos países com maior potencial de desenvolvimento do ecoturismo náutico no mundo. Possui 7.491 km de linha de costa, 35 mil km de vias internas navegáveis, 9.260 km de margens de reservatórios de água doce, lagos e lagoas, é banhado por correntes oceânicas favoráveis à navegação, tem clima propício ao esporte e ao lazer náuticos e vários paraísos naturais.

Quando atrelada ao ecoturismo, a atividade náutica ganha características que a diferenciam do simples ato da navegação. O turismo náutico, portanto, não se configura apenas pela utilização de embarcações como simples meio de transporte, mas como principal motivador da prática turística.

Inscrições: Gratuitas, podem ser feitas pelo e-mailgab_seec@mma.gov.br. Basta informar nome e instituição e confirmar presença.

Assessoria de Imprensa do Ministério do Meio Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *