Boeing Brasil – Commercial é o novo nome da Embraer na aviação civil

Aviação Destaque
Anúncios

Boeing Brasil – Commercial é o nome da nova empresa resultante da compra da divisão de aviação civil da brasileira Embraer pela gigante aeroespacial norte-americana.

A escolha foi conservadora. Ainda há dúvida entre executivos da nova empresa sobre o impacto da aquisição no mercado e, especialmente, o temor de ferir sensibilidades políticas brasileiras. Daí o Brasil com “s”, ainda que seguido pelo “comercial” em inglês.

A Embraer foi estatal de sua criação pelos militares, em 1969, até 1994, e é a maior exportadora nacional de produtos com alto valor agregado. É vista como a joia da coroa industrial em um país cuja balança comercial é ancorada em commodities.

Assim, a decisão de imagem mais importante ainda vai demorar alguns meses: o nome a ser adotado pela série E-Jets E2, a continuação da bem-sucedida família de jatos regionais da Embraer que atraiu a Boeing em primeiro lugar a buscar o negócio.

Como dizem executivos da empresa, aqui deverá haver surpresas. Por um lado, a E2 já tem reputação firmada no seu nicho, liderado nos últimos anos pela Embraer.

Por outro, a marca Boeing deverá ser evidenciada. Quando a americana comprou a rival McDonnell-Douglas em 1997, renomeou apenas um dos modelos, o MD-95 -que virou o Boeing-717, seu único jato regional, que teve curta carreira.

Folhapress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *