João Pessoa continua em estado de alerta e barreira na BR corre risco de novo deslizamento

Cotidiano
Anúncios

João Pessoa segue alerta para chuvas intensas neste domingo (16). O tempo ficou instável durante toda a madrugada e não parou de chover pela manhã. A barreira no bairro Castelo Branco, onde ocorreu deslizamento na sexta-feira (14), voltou a ficar ameaçada.

Durante a manhã, o trânsito no trecho da BR-230 próximo à barreira fluía em apenas uma faixa, por medida de segurança, e o acostamento estava completamente comprometido pelo barro, segundo a assessora de comunicação da PRF, inspetora Keilla Melo.

A partir do meio dia, o local foi completamente interditado para retirada de casas que ficam no topo da barreira e correm risco de desabar. O serviço iria acontecer na sexta-feira, mas acabou adiado. “Demolimos duas casas, mas nas outras quatro ainda haviam móveis”, justificou o coordenador da Defesa Civil, Noé Estrela. Não há previsão de horário para liberação da via.

Volumes das chuvas impressionam

De acordo com Noé Estrela, choveu 472 milímetros nos últimos quatro dias em João Pessoa. “Acreditamos que este seja o maior volume registrado nos últimos 30 anos. Estamos fazendo um levantamento para confirmar esses dados”, disse.

Segundo noticiou o site Climatempo, entre as 9h da quinta-feira (13) e as 9h da sexta (14), João Pessoa recebeu o segundo maior volume em 24 horas para junho desde 1981, em 38 anos de medições do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Os 182,4 milímetros deste junho/2019 ficaram atrás apenas do índice registrado no ano de 1986: 194 milímetros.

João Pessoa e região metropolitana têm recebido chuvas fortes desde a noite da quarta-feira (12) e vários transtornos foram registrados.

Portal Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *