Cachaça paraibana lança produto em homenagem aos 100 anos de Jackson do Pandeiro

Cotidiano

“Bate o pandeiro, quem tem sangue matuteiro não consegue disfarçar” é o que diz a canção e o que foi traduzido em homenagem ao centenário do Rei do Ritmo, o paraibano Jackson do Pandeiro pela Cachaça Matuta. Mantendo a tradição, desde 2017, com embalagens temáticas na época do São João, na qual os consumidores adquirem como objeto dignas de coleção que o Rei do Ritmo ganha representação nas latinhas de cachaça.

Este ano, os forrozeiros podem levar para casa um pequeno Jackson no rótulo da Matutinha 270 ml, a edição é limitada e foi lançada oficialmente na última sexta-feira (07), pelo Instagram Oficial @cachacamatuta (http://bit.ly/cachacamatuta). 

O inventor de um estilo original que ganhou o Brasil e o mundo,  munido de um pandeiro e muito talento transformava tudo em ritmo.  A maliciosa Sebastiana revelou seus dribles musicais e domínio de palco. Até hoje, após mais de três décadas Jackson é considerado o Garrincha da música popular brasileira.

De acordo com Breno Leal, diretor da Cachaça Matuta. ” A marca inova todos os anos, tanto na busca da qualidade de seus produtos, como na apresentação e foi nesse sentido que lançamos, em 2016, a primeira cachaça de alambique em lata, a “Matutinha 270”.  No ano seguinte vieram as cachaças com latas temáticas: em 2017 a homenagem ao São João (eleita uma das latas mais bonitas do Brasil no Prêmio Alterosa da Lata Brasileira); em 2018 a Copa do Mundo e agora o Mestre Jackson do Pandeiro.

A homenagem vai além da sua imagem na embalagem, a novidade nesta edição especial 2019 é a possibilidade de experimentar a realidade aumentada que a latinha traz. A tecnologia permite que o Jackson “ganhe vida” na tela do celular e dispositivos móveis com o aplicativo da Matuta, disponível para download  para os sistemas IOs e Android. Além disso foi desenvolvido um jogo em forma de roleta para que a degustação da tradicional cachaça se torne ainda mais divertida pelo público.

O trabalho artístico teve layout de Arthur Póvoas, desenho de Sócrates Gonçalves, jingle de Felipe Alcântara e campanha da Agência Recrie.

Qualidade reconhecida

Vale destacar que a Matuta é uma cachaça reconhecida pela qualidade dentro e fora da Paraíba. A premiação mais recente foi recebida no último domingo, 9 de junho, com o certificado de Ouro na categoria Madeiras Brasileiras na Expor Cachaça em Belo Horizonte. Além da medalha de Prata que a marca recebeu na categoria Cristal 2017 e 2018 no mesmo evento, em concurso às cegas. A Cachaça Matuta é Prata, é Ouro, é Paraíba!

Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.