MTur inicia projeto piloto de pesquisa sobre demanda turística nacional

Brasil Destaque
Anúncios

Uma parceria do Ministério do Turismo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) possibilitará que os questionários aplicados pelos agentes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD contínua), a partir das próximas visitas domiciliares, tenham informações coletadas sobre turismo no país.

O acordo vai permitir a inclusão de até 48 perguntas sobre o setor de Viagens nos questionários. Desde sua implantação definitiva, em 2012, a pesquisa vem ampliando, de forma gradual, os indicadores investigados e divulgados pelo IBGE. Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a cooperação trará ganhos imprescindíveis para mensurar o alcance e os resultados das políticas públicas implementadas pelo Ministério no âmbito nacional.

“Precisamos monitorar o comportamento do setor turístico brasileiro e ver se as ações chegam na ponta. Os últimos resultados das pesquisas já realizadas pelo MTur demonstraram uma perspectiva otimista e de que estamos no caminho certo. O turismo no centro da agenda estratégica do Brasil proporciona isso. Vivemos um momento único, que oferece uma excelente oportunidade ao nosso país”, ressalta o ministro.

A quantidade de perguntas sobre turismo vai variar de acordo com o número de viagens realizadas pelos integrantes do domicílio pesquisado, explicou Marcelo Maia, coordenador da PNAD Contínua no Distrito Federal, durante treinamento dos 50 agentes de pesquisa do IBGE, realizado na sede do MTur, em Brasília, nesta quinta-feira (27). A ação vem sendo realizada em todos os estados do país. A pesquisa vai abranger periodicamente 211 mil domicílios das 27 Unidades da Federação (UFs). Cerca de 2 mil agentes de pesquisa participam da PNAD Contínua.

Durante o treinamento, o subsecretário de Inovação e Gestão do Conhecimento (SIG) do Ministério do Turismo, Marcelo Garcia, afirmou que as viagens domésticas respondem por cerca de 95% do setor de Viagens no Brasil e que a PNAD Contínua vai possibilitar a qualificação dos dados sobre a atividade turística brasileira. “A pesquisa vai gerar informações detalhadas sobre essa demanda e orientar melhor as políticas públicas de desenvolvimento social e econômico do turismo”, afirmou.

A PESQUISA – A PNAD Contínua foi implantada, experimentalmente, em outubro de 2011 e, a partir de janeiro de 2012, em caráter definitivo, em todo o território nacional. A amostra foi planejada de modo a produzir resultados para o Brasil, grandes regiões, Unidades da Federação, capitais e regiões metropolitanas.

Ascom Tur

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *