Asa deltas e parapentes vão colorir céu de Brumadinho no final de semana

Esportes
Anúncios

A recuperação econômica de Brumadinho (MG), após o rompimento da barragem de Córrego do Feijão, terá mais um impulso por meio do turismo. Neste domingo (30), a cidade vai ser o destino final de pilotos de asa delta e parapente inscritos no 1º Festival de Voo Livre da Serra da Moeda, promovido pelo Clube de Voo Livre de Belo Horizonte (CVLBH), com apoio da Prefeitura Municipal, e que já movimenta pousadas, restaurantes e outros serviços da região.

O evento reunirá um total de até 150 praticantes das duas modalidades, que vão partir do alto da formação montanhosa, distante 25 quilômetros do centro de Belo Horizonte, e terminarão a viagem nas proximidades do Campo do Palhano, tradicional ponto de chegada de voos do tipo. Além de atletas locais, a lista de inscritos reúne representantes do Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, entre outros, bem como estrangeiros.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que em recente visita a Brumadinho anunciou medidas para o restabelecimento da atividade na região, ressalta que o evento soma esforços neste sentido. “Avançamos, por exemplo, no projeto de implantação de um trem turístico entre BH e Brumadinho, com uma estação no Museu de Inhotim, um dos grandes atrativos locais. E o festival ajuda a evidenciar que a cidade tem todas as condições de resgatar o aproveitamento do seu potencial para o turismo”, ressalta.

A expectativa é de que cerca de mil pessoas acompanhem o festival por dia. Brumadinho também concentra atrativos como cachoeiras, mirantes, trilhas e áreas para arvorismo, cavalgadas e mountain bike, características estas que, segundo o secretário Municipal de Turismo e Cultura, Marcos Paulo Amabis, ganham visibilidade a partir de eventos do gênero. “Estamos muito felizes com a realização do festival. Este evento evidencia mais ainda a vocação do turismo de aventura na região”, aponta.

Com 70 quilômetros de extensão, a Serra da Moeda sedia campeonatos locais e nacionais de asa delta e parapente, em função do elevado nível técnico exigido e dos ângulos singulares proporcionados entre as montanhas mineiras. O vice-presidente do CVLBH, Laércio da Silva, defende esforços pelo resgate da imagem de Brumadinho como destino turístico. “Algumas pousadas já estão lotadas. A gente quer trazer de volta o brilho de Brumadinho e reforçar a condição hospitaleira das pessoas daqui”, destaca.

As inscrições para o festival, que já somam cerca de 110 interessados, devem ser feitas pelo e-mail eventos.cvlbh@gmail.com, ao valor de R$ 20. Durante os dois dias de evento, os voos terão início às 9h. A rampa da Serra da Moeda pode ser acessada por meio da BR-040, no sentido São Paulo, com entrada à altura do Km 567.No último dia 14, Marcelo Álvaro Antônio e o ministro da Cidadania, Osmar Terra, divulgaram em Brumadinho uma série de ações voltadas à recuperação do município.

O titular do Turismo anunciou que a proposta do trem ligando BH à cidade terá prioridade na análise de um empréstimo de R$ 10 milhões por meio do Prodetur + Turismo. Na ocasião, houve a entrega do Selo + Turismo, que chancela a viabilidade da iniciativa, a uma das empresas responsáveis pela estruturação da linha.

As medidas previstas no trabalho conjunto contemplam ainda as áreas de desenvolvimento social, educação, saúde, cultura, esporte, infraestrutura, meio ambiente e segurança pública. A agenda em Brumadinho também marcou a inauguração da Estação Cidadania, espaço responsável pela oferta de programas culturais, práticas esportivas e de lazer, bem como de formação e qualificação profissional, serviços socioassistenciais e políticas de prevenção à violência.

Ascom MTur

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *