Presidente da Aena afirma que investirá 200 milhões de euros nos aeroportos do Nordeste

Aviação Destaque

O presidente-executivo da Aena – concessionária espanhola que arrematou os aeroportos do Nordeste, que inclui Recife, Maceió, Aracaju, João Pessoa, Campina Grande e Juazeiro do Norte -, Maurici Lucena, e o cônsul-geral da Espanha, Gonzalo Fournier, estão fazendo uma série de visitas às cidades onde fará investimentos. Nesta quinta-feira (11), os dois estiveram em João Pessoa, quando se reuniram com o governador da Paraíba, João Azevedo, e com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo.

Durante as visitas, separadas, Lucena confirmou que o investimento nos seis aeroportos durante os três primeiros anos de gestão será de 200 milhões de euros e que a empresa assumirá integralmente a administração deles em janeiro de 2020. Em setembro, a empresa catalã assina o contrato de gestão. A Aena terá Santiago Yus como diretor-executivo no Brasil.

De acordo com o executivo da empresa, a concessão dos seis aeroportos nordestinos se encaixa nos parâmetros da companhia e avaliou que há muito potencial de crescimento no setor aéreo brasileiro. Lucena previu que, com o passar dos tempos, este será considerado como um dos melhores investimentos da companhia de gestão aeroportuária.

Conforme a reportagem apurou, o executivo afirmou que a Aena pretende fazer estudos de viabilidade a cada três anos em todos os aeroportos e ainda promover o destino Nordeste já a partir da Feira Internacional de Turismo de Madri, na Espanha, que acontece de 22 a 26 de janeiro do próximo ano. Por outro lado, ele enfatizou que é papel dos Estados fazerem a divulgação dos destinos para incentivar a procura de turistas.

Estrutura. A Aena é responsável por 46 aeroportos e de dois heliportos na Espanha, a empresa começou a se internacionalizar em 1997 e hoje é a maior operadora aeroportuária do mundo em número de passageiros. Em 2018, foram 335 milhões de pessoas. Por meio da Aena Internacional, ela administra 17 aeroportos no México, Colômbia, Jamaica e Reino Unido – o de Luton, próximo a Londres.

Fábio Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.