Embraer e Hunnu Air, da Mongólia, assinam contrato de suporte para frota de jatos E190

Aviação Cotidiano
Anúncios

A Embraer anunciou hoje a assinatura de um contrato de longo-prazo para o Programa de Pool de suporte e manutenção de componentes com a Hunnu Air, da Mongólia, para a frota de jatos E190 recém adquiridos por leasing. A Hunnu Air é a primeira operadora do E190 na Mongólia e recebeu a primeira aeronave em maio deste ano.

O contrato de pool inclui cobertura de reparação total de componentes e peças, assim como acesso a um grande estoque de componentes nos centros de distribuição da Embraer, o que apoiará a companhia aérea no início das operações do E190.
“Somos a primeira companhia aérea na Mongólia a operar o E-Jet. Com a assinatura do contrato, queremos fortalecer nossa parceria com a Embraer não apenas pela liderança dos seus produtos na indústria, mas também pela grande rede de serviços e suporte da companhia”, disse Munkhjargal Purevjal, CEO da Hunnu Air. “Acreditamos que o suporte direto do fabricante garantirá uma operação altamente confiável à nossa frota de E190, garantindo a competividade e a disponibilidade das nossas aeronaves, o que é crucial para nossa operação diária, além de melhorar a satisfação dos passageiros.”
A Hunnu Air é uma das principais companhias aéreas da Mongólia. No início deste ano, a empresa assinou um acordo de leasing com a CDB Aviation para ampliar a frota e a malha aérea. O primeiro E190 começou a operar em junho. Os outros três aviões deverão ser entregues em 2020 e 2021.
Assessoria de Imprensa