Medow lança Maior São João do Mundo em São Paulo e estima crescimento de 20% em 2020

Destaque Paraíba
Anúncios

O Maior São João do Mundo, realizado em Campina Grande, deve registrar um crescimento de mais de 20% no próximo ano, conforme a previsão do consultor de marketing da Medow, empresa organizadora do evento, Ricardo Aragão. O projeto comercial do evento foi apresentado para empresários e jornalistas do país nesta quinta-feira (26), no Expo Center Norte, em São Paulo, durante a Expo Abav Internacional de Turismo.

O evento deste ano registrou a presença de mais de 2,5 milhões de pessoas nos 30 dias de festa (de 7 de junho a 7 de julho), tendo concentrado mais de 1,8 milhões de pessoas apenas no Parque do Povo, considerado o Quartel General do Forró. Aragão destacou que os números registrados durante o evento são bastante positivos para exposição de grandes marcas. No período, de acordo com a pesquisa realizada pela DataVox, foram gerados quase R$ 300 milhões – valor circulante na região -, com consumo médio de R$ 159 por dia.

“Mais de 63% das pessoas disseram na pesquisa que pretendiam continuar consumindo os produtos das marcas que fizeram algum tipo de ativação durante a festa”, revelou o gerente de marketing. Aragão disse ainda que uma dessas marcas teve um incremento de vendas diretas de 40% e, no mês seguinte ao evento, um aumento de 8% no seu marketing share.

Aragão afirmou que o Maior São João do Mundo não é um evento que fica concentrado apenas no Parque do Povo, ele se expande para toda a região da Borborema, a exemplo do Distrito de Galante que, entre vários atrativos, é parada obrigatória para o Trem do Forró, um dos passeios mais procurados pelos turistas e os paraibanos. Ainda em Galante, outra atração muito procurada é a Casa de Cumpade, que reúne um misto de cultura popular de raiz e gastronomia regional.

De acordo com a pesquisa da DataVox, Pernambuco foi o maior emissor de turistas para Campina Grande, com 18%, seguido pelo Ceará (11%); Rio Grande do Norte (9%); Bahia (5%); mas, sobretudo, o Sudeste, que teve São Paulo, com 8%, e Rio de Janeiro, com 7% de turistas no período da festa. A rede hoteleira teve um incremento de mais de 30% de ocupação.

Prefeito enaltece a parceria com a iniciativa privada

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, enalteceu a parceria público privada na organização do Maior São João do Mundo, enfatizando que esse modelo superou as expectativas. Na opinião dele, a festa está muito mais profissionalizada, a exemplo do próprio lançamento do projeto comercial ocorrido nesta quinta-feira, em São Paulo, de forma antecipada. “Essa ação dará, certamente, uma força de marketing ainda maior e a presença de mais e maiores empresas investindo na festa”, pontuou o prefeito.

Segundo Romero, nessa PPP, enquanto os empresários cuidam de sua área, a prefeitura faz a parte dela oferecendo a infraestrutura necessária para que as pessoas, turistas e moradores da cidade, se sintam bem, com a cidade segura, limpa e planejada para receber tantas pessoas ao mesmo tempo. O prefeito destacou que, em 2019, o Maior São João do Mundo foi um dos mais segurados de todos os tempos, inclusive, com a instalação do sistema de biometria facial e ampliação da área o Parque do Povo.

Assim como Romero espera um maior incremento econômico e uma festa ainda maior do que este ano, a secretária de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, Rosália Lucas, reforçou essa expetativa, enfatizando a ampliação de rede hoteleira, com a abertura de três grandes redes de hotéis (Slaviero, Ibis e Intercity), bem como o maior número de voos para a cidade, com o incremento de mais duas operações da Azul Linhas Aéreas Inteligentes. “Nossa expectativa de crescimento é muito boa e já estamos trabalhando”, afirmou a secretária.

Lançamento do Maior São João do Mundo contou com as presença de Rosália Lucas, Romero Rodrigues, Ruth Avelino (Presidente da PBTur), Gustavo Feliciano (Secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba), Manuelina Hardman (Presidente da ABIH-PB), Gilmário Souto (diretor da Medow) e Lima Filho (da Setur-CG)

Fábio Cardoso