Leila Pinheiro e Orquestra Sinfônica Municipal encerram 7º Festival de Música Clássica no Parque da Lagoa, neste sábado

Eventos Culturais
Anúncios

Depois de uma semana de concertos e masterclasses, o 7º Festival Internacional de Música Clássica, realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), que este ano homenageou a Bossa-Nova, será encerrado neste sábado (30) com a apresentação da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP) e da cantora Leila Pinheiro, que se apresentam a partir das 17h no Parque da Lagoa. A regência será do maestro Laércio Diniz.

No programa, músicas conhecidas do público como ‘Verde’ (Eduardo Gudin e Costa Netto), ‘Samba do Avião’ (Tom Jobim), ‘Falando de amor’ (Tom Jobim), ‘Primavera’ (Carlos Lyra e Vinicius de Moraes), ‘Sabe você’ (Carlos Lyra e Vinicius de Moraes), ‘Catavento e Girassol’ (Guinga e Aldir Blanc), ‘Chega de Saudade’ e ‘Se Todos Fossem Iguais a Você’, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, dentre outros sucessos.

O Festival Internacional de Música Clássica, realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), contou com a participação músicos do Brasil e mais dez países, que se apresentaram em quatro igrejas e ministraram 12 masterclasses.

Leila Pinheiro – Cantora, compositora e pianista, Leila Pinheiro começou a estudar piano aos dez anos de idade e aos vinte fez seu primeiro espetáculo, “Sinal de Partida”. Gravou o primeiro LP em 1981. Ganhou o prêmio de cantora-revelação no Festival dos Festivais, da TV Globo, em 1985, quando defendeu o samba “Verde”, de Eduardo Gudin e José Carlos Costa Neto.

Lançou os CDs “Benção, bossa nova” (1989), celebrou as três décadas da bossa no Brasil e no Japão, com Leila e um de seus maiores criadores – Roberto Menescal. “Coisas do Brasil” (1993), produzido pelo pianista Cesar Camargo Mariano, e “Catavento e Girassol” (1996), com as parcerias de Guinga e Aldir Blanc, são três grandes referências da intérprete, suas escolhas e parceiros.

Em seus 39 anos de carreira, Leila Pinheiro gravou 19 CDs e três DVDs, interpretando o cancioneiro brasileiro clássico por seus grandes criadores – os que vieram vindo e os que vêm chegando.

Secom João Pessoa