Sindicato dos Jornalistas da Paraíba e Abrajet-PB lamentam morte do jornalista Sebastião Barbosa

Cotidiano
Anúncios

O Sindicato dos Jornalistas da Paraíba e a Associação Brasileira dos Jornalistas de Turismo, seccional Paraíba, lamentaram a morte do jornalista Sebastião Barbosa, ocorrida nesta sexta-feira, em Santiago do Chile – http://turismoemfoco.com.br/v1/2020/01/03/turismo-da-paraiba-perde-sebastiao-barbosa-jornalista-morre-em-santiago-do-chile/ , onde morava há mais de 10 anos com a esposa e o filho. Barbosinha morreu vítima de insuficiência cardíaca.

De acordo com nota do sindicato, Barbosinha “foi um ícone da imprensa paraibana, bem como escritor, tendo exercido vários cargos públicos e também atuado nos jornais O Norte, A União e Correio da Paraíba, além ter sido correspondente do jornal Última Hora.”

“O Sindicato lamenta o falecimento de Barbosinha e reconhece sua contribuição para o jornalismo paraibano. Sua capacidade, cultura e bom humor marcaram as vidas de quem conviveu com ele. Ao mesmo tempo, o Sindicato transmite aos familiares e amigos os sentimento de pesar neste momento de perda dolorosa.

Já a Abrajet-PB, em nota, diz lamentar o falecimento de Barbosinha e se solidariza com a família do jornalista. “A Abrajet-PB se solidariza com a sua esposa, Luana Barbosa, demais familiares e amigos neste momento de grande perda para a imprensa paraibana”, a nota é assinada pela presidente da associação, Messina Palmeira.

Redação