Exposição a céu aberto será inaugurada nesta quinta-feira e líder da comunidade Chã de Jardim é homenageada

Destaque Paraíba
Anúncios

Será aberta nesta quinta-feira (30) em Chã de Jardim, comunidade encravada na zona rural de Areia, região do Brejo da Paraíba, uma exposição de artes a céu aberto, que integra o projeto ‘Galerias – arte em comunidade’. Todos os artistas participam voluntariamente intervindo nas fachadas das casas e muros da comunidade, cada um com seu estilo e linguagem, reforçando, porém, os temas locais como a natureza e a cultura nordestina.

Nesta quarta-feira (29), a líder comunitária de Chá do Jardim, Luciana Balbino, teve uma grande e emocionante surpresa. O artista grafiteiro Claudinei Oliveira, de São José dos Campos (SP), mais conhecido por Vespa (@vespapdfcrew), fez questão de grafitar a imagem da própria líder comunitária em uma das casas.

Luciana Balbino fez questão de postar a homenagem em sua conta do Facebook para expressar o sentimento de gratidão. “Hoje eu recebi o maior reconhecimento do meu trabalho, em toda minha vida, minha imagem grafitada em uma das casas da comunidade que tanto amo pelo maior grafiteiro do mundo @vespapdfcrew. Não tenho palavras pra lhe agradecer, nem mais lágrimas pra chorar.”

A líder comunitária é uma das maiores representantes das atividades da chamada economia criativa no país e, por meio dela e de outras dezenas de pessoas da comunidade, têm realizado um trabalho intenso que se transformou Chã do Jardim em um case nacional. De momentos sem esperança, o trabalho iniciado em comunidade, tem criado uma estrutura que permite hoje que todos os moradores tenham renda retirada dos próprios produtos que são extraídos da região e do próprio trabalho.

De acordo com o artista plástico Guataçara Monteiro, o criador do projeto ao lado de João Paulo Pessoa, o projeto Galerias “quer contribuir ainda mais para o empoderamento social que já acontece por lá.” Essas pinturas, segundo Luciana Balbino, durarão em torno de quatro anos e as pessoas da associação local e da comunidade serão as responsáveis em preservar e mantê-las através de uma série de produtos que serão confeccionados com estes desenhos.

Entre os artistas, estão grandes nomes da arte no Brasil e no mundo, como o paraibano Clóvis Júnior, um dos principais nomes da Arte Naif da América Latina; Vespa, grafiteiro com reconhecimento mundial; além dos artistas Douglas Reis (SP), Perron Ramos (PE), Dennis Mota (PB), Guilherme Mendicelli (SP), Márcio Bizerril (PB), Bruno Brito (SP), Eliana Chaves (AM), Walfredo de Brito (PB) e Guataçara Monteiro (SP), que já expôs em diferentes regiões do Brasil, assim como na França e EUA.

A fotógrafa Amanda Mello (PA), além de registrar o processo, produzirá um documentário que será veiculado nas mídias sociais a partir de maio de 2020, com o objetivo de estimular mais projetos desta natureza.