Pane no gerador cancela apresentação em Campina Grande e Netinho abre mão do cachê; Foliões devem ser ressarcidos

Cotidiano
Anúncios

Do choro e emoção, ao lamento e compreensão. O desfile do Bloco dos Imprensados, na abertura do Campina Folia, no sábado (01), em Campina Grande, teve um misto de todos os sentimentos. O bloco, que tinha como principal atração o cantor baiano Netinho, que está completando 30 anos de carreira e retornando à cidade paraibana após mais de 20 anos, simplesmente saiu pela metade, decepcionando uma multidão incalculável em pela Avenida Brasília, principal via da cidade. Um problema de geradores interrompeu o desfile e só deu tempo mesmo de Netinho cantar pelo menos 20 músicas.

Em nota, a diretoria do bloco disse que estuda uma forma de ressarcir os foliões e que iria processar a empresa contratada para ceder o trio elétrico, a Trio Elétrico Absoluto, do Recife (PE). O trio chegou com um problema de gerador, que parou o desfile logo após Netinho cantar apenas uma música. O gerador reserva foi acionado, mas também apresentou problema, identificado como superaquecimento por falta de água. Não teve jeito de resolver o problema e o desfile foi cancelado.

Em vídeo postado em sua conta no Instagram, Netinho explicou a situação, após ter mantido contato com o presidente do Imprensados, o jornalista Astrogildo. O cantor abriu mão de seu cachê, mas reivindicou que os integrantes da sua banda e produção recebessem a parte deles. Também concordou em realizar um novo show em Campina Grande, com data ainda a ser definida, mas em cima de um trio elétrico e não em palco fixo, como teria sido sugerido pelo bloco.

Sobre a contratação do trio elétrico, Netinho disse que a produção dele indicou três opções para a diretoria do Imprensados, para não parecer autoritário dele escolher. A opção foi feita pelo bloco e o trio elétrico já havia sido analisado pela equipe técnica da banda. “Não temos qualquer parceria com a empresa que forneceu o trio elétrico, apenas indicamos por questões técnicas. Não temos qualquer responsabilidade sobre o que aconteceu”, disse.

Netinho ao lado da secretária de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, Rosália Lucas, que lamentou o cancelamento do desfile e agradeceu a compreensão do público e do cantor baiano pelo incidente.

Netinho revelou que chorou de emoção quando começou a cantar a primeira música, quando passou um filme da história musical dele e as passagens durante as Micarandes em Campina Grande. “Viver as emoções que consegui viver ontem (sábado)”, afirmou no vídeo. “Foi lindíssimo e remeti aos grandes momentos da Micarande. Não estava acreditando”, apontou. O cantor destacou o grande número de famílias presentes, muitas com crianças de colo. “Foi lindo”. Antes de seguir para o hotel, Netinho ainda atendeu dezenas de foliões e fãs do bloco, tirando fotos, dando autógrafos, numa troca de minha cumplicidade e carinho.

 

 

 

Fábio Cardoso