Gol afirma que cancelamento do voo que levaria o Botafogo a Salvador não tem relação com morte do passageiro no Rio

Cotidiano Esportes
Anúncios

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes informou no começo da noite desta terça-feira (04), por meio da assessoria de imprensa, que o cancelamento do voo que levaria a equipe do Botafogo da Paraíba de João Pessoa para Salvador, nesta tarde, não tem relação com a morte de um passageiro ocorrida pela manhã.

De acordo com a assessoria de imprensa, o voo G3 2035 (João Pessoa-Salvador) foi cancelado “por motivos operacionais”. Sobre o óbito do passageiro, apontou a nota, “o ocorrido foi no voo G3 2029 (Salvador-Rio de Janeiro), sem qualquer relação com o voo citado acima. A Companhia lamenta profundamente e informa que prestou toda a assistência aos familiares.”

Com o cancelamento do voo entre João Pessoa e Salvador, a partida entre Atlético-BA e Botafogo, marcado para essa quarta-feira (05), às 20h30, no estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas (BA), pela primeira fase da Copa do Brasil, foi adiado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Como a delegação da equipe paraibana não conseguiria chegar a tempo na cidade de Alagoinhas, no interior da Bahia, a CBF remarcou o confronto para a próxima quarta-feira, dia 12, também às 20h30. Por ter melhor colocação no ranking nacional de clubes da CBF, o Botafogo-PB joga com a vantagem do empate.

Fãbio Cardoso