Há 106 anos, Diocese da Paraíba foi elevada à Sede Metropolitana, tornando-se Arquidiocese

Cotidiano Paraíba
Anúncios

Neste dia 6 de fevereiro, faz 106 anos que a então Diocese da Paraíba foi elevada à Sede Metropolitana, ou seja, tornou-se Arquidiocese. Aproveitamos a data para explicar a diferença entre Diocese, Arquidiocese e relembrar que a ArquiPB não corresponde a todo Estado.

PROVÍNCIA / DIOCESE / ARQUIDIOCESE

De forma muito prática, pode-se dizer que Arquidiocese é Sede de uma Província. As Províncias são um grupo de Dioceses e uma Arquidiocese e não necessariamente correspondem à mesma área geográfica de um Estado. Por exemplo: no Nordeste, cada Estado é uma Província Eclesiástica. Mas no RJ, por exemplo, existem 2 Províncias. Em São Paulo, são 6 Províncias Eclesiásticas. Esta divisão leva em consideração o território e a densidade populacional. O objetivo dessa divisão é meramente pastoral: promover uma ação comum por parte de Dioceses vizinhas e favorecer eficazmente a mútua relação entre os Bispos, fomentando a evangelização. Um conjunto de Províncias forma um Regional.

A Arquidiocese da Paraíba está no Regional Nordeste 2, formado pelas Províncias de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas. Ao todo, são 17 Dioceses e 4 Arquidioceses.

As Arquidioceses são as Sedes das Províncias e os Bispos recebem o título de Arcebispos. Os Arcebispos não são “chefes” dos demais Bispos, mas eles têm a missão de, como Metropolitas, convocar as reuniões da Província, funções jurídicas no caso de afastamento do Bispo de uma Diocese, promover ações comuns entre os Bispos / Dioceses da Província, etc.

ARQUIDIOCESE DA PARAÍBA, MAS NÃO DE TODO O ESTADO

É muito comum as pessoas acharem que a Arquidiocese da Paraíba é a Igreja Católica do Estado da Paraíba. Esta confusão acontece, claro, por causa do nome da Igreja Particular (Igreja Particular = Diocese ou Arquidiocese). A Arquidiocese da Paraíba recebeu este nome porque, na época da sua criação, a cidade de João Pessoa se chamava Parahyba do Norte. A Diocese da Paraíba foi criada em abril de 1892 e foi elevada à Arquidiocese em 6 de fevereiro de 1914. Parahyba do Norte passou a se chamar João Pessoa em setembro de 1930, mas o nome da Arquidiocese se manteve.

Também em 6 de fevereiro de 1914, quando a Arquidiocese foi elevada, foi criada a Diocese de Cajazeiras. Em 1949 foi criada a Diocese de Campina Grande e 10 anos depois, em 1959, foi criada a Diocese de Patos. A última divisão aconteceu com a criação da Diocese de Guarabira em 1980. Portanto, a Igreja Católica na Paraíba tem 4 Dioceses e 1 Arquidiocese, 4 Bispos e 1 Arcebispo, que respondem por suas respectivas regiões.

Assessoria de Imprensa