Maior rede de escolas de gastronomia do mundo planeja expansão nas regiões Norte e Nordeste

Cotidiano
Anúncios

O Instituto Gastronômico das Américas (IGA), rede de escolas que oferece cursos livres e profissionalizantes de gastronomia e confeitaria, e considerada a maior do mundo em número de unidades e alunos, planeja para 2020 ampliar sua atuação nas regiões Norte e Nordeste. Para atrair investidores que enxergam potencial na área de educação dentro do mercado gastronômico e que querem contar com a segurança de um modelo de negócio já consolidado, a franqueadora participará do Expo Franquias Nordeste 2020, que acontece de 12 a 14 de março no Shopping RioMar, no Recife (PE), e deve receber cerca de cinco mil visitantes.

O IGA já conta com 11 unidades nas duas regiões e quer abrir outras 15 em municípios dos estados de Pernambuco, Maranhão, Rio Grande do Norte, Piauí, Bahia, Paraíba e Pará. “Nosso foco maior está nas cidades da região do Recife e nas capitais de outros estados, como Fortaleza e Natal, que geralmente participam deste evento”, comenta Luis Zemlenoi, diretor de expansão da rede.

O segmento de franquias é um dos que mais cresce no Brasil. Segundo a Associação Brasileira do Franchising (ABF), somente no ano de 2019 o setor atingiu um faturamento de mais de R$ 185 bilhões, um crescimento de 6,9% no faturamento ante 2018. “O segmento de Serviços Educacionais, que ocupa a 3ª colocação no ranking por números de unidades, apresentou um crescimento de 13% em comparação ao ano anterior, o que reforça potencial do nosso negócio”, analisa o diretor de expansão.

A distribuição regional deste resultado destaca a representatividade das regiões Norte e Nordeste, que somam cerca de 20% da receita da indústria do franchising. “Nada mais assertivo do que a visibilidade que a maior feira de franquias do Norte e Nordeste nos possibilita para alcançarmos as metas traçadas para 2020”, afirma Zemlenoi.

O grande diferencial da rede IGA é a metodologia de ensino. “O mercado da gastronomia conta com escolas que, muitas vezes, apostam mais na teoria e menos na prática. No IGA, ensinamos os princípios por meio da experimentação. Os conteúdos acadêmicos são constantemente atualizados por um grupo interdisciplinar de docentes e chefes de vários países, avaliando sempre as últimas tendências e necessidades da área”, explica Zemlenoi. Os planos de estudo são padronizados para todas as escolas, assegurando assim a qualidade educativa em cada uma das unidades IGA. Os cursos possuem, ainda, custo/benefício atrativo e são compostos por material didático atualizado e de qualidade. A estrutura das escolas também é um ponto de destaque, já que os alunos da rede têm acesso aos melhores laboratórios de cozinha do mercado.

Assessoria de Imprensa