Prefeitos de João Pessoa e Amsterdam vão celebrar voo charter em novembro

Paraíba

Prego batido, ponta virada. O responsável pelos projetos especiais e promoção internacional da Secretaria de Turismo de João Pessoa, Saulo Barreto, confirmou nesta quarta-feira (19) que o prefeito da capital paraibana, Luciano Cartaxo, aprovou o projeto Amsterdam, que pretende viabilizar um voo charter ligando a Paraíba à Holanda. O okei foi dado durante uma reunião com o secretário de Turismo, Fernando Milanêz, na última terça-feira (18).
Durante a reunião, que contou ainda com Ad van Mollen, representante da operadora Go Brasil no Brasil, ficou definida a vinda do prefeito de Amsterdam, Eberhard van der Laan, para João Pessoa, em novembro, para celebrar o fechamento do voo charter, que deve ser iniciado a partir de abril do próximo ano.
Segundo Saulo Barreto, está sendo elaborado um plano de mídia para ser desenvolvido nos mercados da Bélgica e Holanda. O voo deve ser lançado na Holanda em janeiro de 2018, durante a Vacantieboeus – Feira de Turismo de Utrecht, um dos maiores eventos de Turismo da Europa.
“A notícia desse voo teve grande repercussão nos meios turísticos holandeses, já que iremos substituir a ausência dos voos que vinham da Holanda para Natal (RN)”, afirmou Saulo Barreto. Ele disse que o voo será “um passo na concretização da total da internacionalização do destino Paraíba na Europa”.
De acordo com Saulo Barreto, a operação é extremamente viável, pois o equipamento a ser operado pela Tui – uma empresa subsidiária da KLM e que só opera voos chaters – é um Boeing 737-800, com capacidade para 160 passageiros, sem qualquer tipo de restrições para pousar no Castro Pinto. Há sete anos a limitação da pista frustrou a tentativa da Paraíba de trazer esse voo para o Estado.
Fábio Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Prefeitos de João Pessoa e Amsterdam vão celebrar voo charter em novembro

Paraíba

Prego batido, ponta virada. O responsável pelos projetos especiais e promoção internacional da Secretaria de Turismo de João Pessoa, Saulo Barreto, confirmou nesta quarta-feira (19) que o prefeito da capital paraibana, Luciano Cartaxo, aprovou o projeto Amsterdam, que pretende viabilizar um voo charter ligando a Paraíba à Holanda. O okei foi dado durante uma reunião com o secretário de Turismo, Fernando Milanêz, na última terça-feira (18).
Durante a reunião, que contou ainda com Ad van Mollen, representante da operadora Go Brasil no Brasil, ficou definida a vinda do prefeito de Amsterdam, Eberhard van der Laan, para João Pessoa, em novembro, para celebrar o fechamento do voo charter, que deve ser iniciado a partir de abril do próximo ano.
Segundo Saulo Barreto, está sendo elaborado um plano de mídia para ser desenvolvido nos mercados da Bélgica e Holanda. O voo deve ser lançado na Holanda em janeiro de 2018, durante a Vacantieboeus – Feira de Turismo de Utrecht, um dos maiores eventos de Turismo da Europa.
“A notícia desse voo teve grande repercussão nos meios turísticos holandeses, já que iremos substituir a ausência dos voos que vinham da Holanda para Natal (RN)”, afirmou Saulo Barreto. Ele disse que o voo será “um passo na concretização da total da internacionalização do destino Paraíba na Europa”.
De acordo com Saulo Barreto, a operação é extremamente viável, pois o equipamento a ser operado pela Tui – uma empresa subsidiária da KLM e que só opera voos chaters – é um Boeing 737-800, com capacidade para 160 passageiros, sem qualquer tipo de restrições para pousar no Castro Pinto. Há sete anos a limitação da pista frustrou a tentativa da Paraíba de trazer esse voo para o Estado.
Fábio Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.