O futuro já chegou! Sua empresa está preparada?

Colunistas Regina Amorim

As cidades de João Pessoa, Paraty e Brasília foram incluídas na Rede Mundial de Cidades Criativas da UNESCO. A informação foi divulgada no último dia 31 de outubro. Agora são oito cidades criativas do Brasil que estão inseridas nessa Rede Internacional de Negócios Criativos.
Diferentemente dos negócios tradicionais, os negócios criativos não são poluentes, não concorrem entre si, utilizam recursos que não se esgotam, mas se multiplicam e se renovam, a saber: a criatividade, o conhecimento, a cultura e a tecnologia.
A economia criativa inclui as áreas de artesanato, arte popular e festa popular, arte visual, arte cênica, áudio visual (cinema, televisão e publicidade), design, digital (games, aplicativos e startups), editoração, moda, música, comunicação (TV e rádio), arquitetura, gastronomia e outras.
Não dá pra pensar a economia criativa sem a economia colaborativa. A solução não está apenas na tecnologia. A solução está na colaboração. Na economia colaborativa o “ter acesso” é mais relevante do que “ter a posse do bem ou serviço”.
Enquanto a economia criativa estimula a empresa tradicional a rever suas operações, a economia colaborativa inspira a empresa tradicional a repensar a forma de utilização de seus bens e serviços. Economia Criativa e Economia Colaborativa faz parte de um futuro desejável… Junte-se a nós!!
O fenômeno da “Economia colaborativa” está sendo construído a partir dos benefícios derivados do compartilhamento de bens e serviços, graças aos dispositivos móveis e ao desenvolvimento de uma nova cultura digital.
É importante que se tenha consciência da “proposta de valor” que esses mercados colaborativos oferecem aos seus clientes e quais são as razões que lhes conferem uma aceitação tão elevada pelos clientes.
Os cartões de fidelidade física estão desaparecendo e estão sendo substituídos por cartões virtuais gerenciados pelo cliente ou por dispositivos portáteis, como pulseiras que, além da lealdade podem oferecer serviços adicionais aos clientes.
O mundo virtual está crescendo a passos gigantes, para enriquecer a nossa realidade com incríveis experiências virtuais. A realidade 3D, como Oculus VR, permitem que os turistas mergulhem em mundos virtuais inimagináveis, para viver experiências virtuais incríveis, o que não era possível há poucos anos atrás.
As lojas compartilhadas, é uma tendência, uma realidade!! Ambiente de negócios onde é possível encontrar produtos de segmentos diferentes, ou seja, no mesmo local há produtos e serviços, que atendem o mesmo perfil de consumidor.
Certamente haverá mudanças no perfil do vendedor, que não mais serão treinados para vender, mas sim para atender, explicar e tirar dúvidas. Eles atuarão como facilitadores, numa relação de confiança, onde a venda será uma consequência!
Desaparecerão do mercado os intermediários, ou seja, os representantes de vendas, que serão substituídos pelo acesso direto do cliente no canal digital ou no contato pelas redes sociais.
Todos nós já somos produtores de conteúdo, através dos pequenos vídeos que postamos no YouTube, Facebook, Snapchat ou Instagram, Você como empresário também precisa abrir esse canal com os seus clientes, que vão interagir com a sua marca por meio dessas plataformas.
A imagem da sua empresa precisa ser única, ou seja, como você se comporta da porta para dentro, deve ser o mesmo comportamento da porta para fora, porque a empresa é uma só para quem trabalha e para quem consome.
Produtos sustentáveis e empresas que estejam preocupadas com as questões ambientais, continuam conquistando a preferência dos clientes. É preciso buscar sustentabilidade nas relações com os seus clientes e com os seus fornecedores.
A tecnologia e a experiência continuam sendo os principais pilares para a competitividade dos pequenos negócios. O Brasil está entre os países mais criativos do mundo, e representa o 5º mercado consumidor do mundo.
Enfim, sua empresa está preparada para o futuro que já chegou? Sua empresa está preparada para vencer os desafios dos novos tempos e dos novos negócios?
Ainda há tempo… o SEBRAE pode fornecer o conhecimento necessário e as ferramentas estratégicas de gestão, para que a sua empresa possa atuar de forma criativa e inovadora, pois futuro já chegou!!

Regina Medeiros Amorim
Mestre em Visão Territorial e Sustentável do Desenvolvimento,
Pós-graduada em Gestão e Marketing do Turismo,
Gestora de Turismo do SEBRAE – Paraíba.
 

1 thought on “O futuro já chegou! Sua empresa está preparada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.