Paraíba sobe no ranking de competitividade e é o melhor do Nordeste

Destaque Paraíba

A Paraíba subiu uma posição e ocupa a 9ª colocação da edição 2018 do Ranking de Competitividade dos Estados, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) em parceria com a Tendências Consultoria Integrada e a Economist Intelligence Unit. O Ranking 2018 foi lançado na sexta-feira (14), na sede da B3, em São Paulo.
A Paraíba também é o estado mais competitivo da região Nordeste, três posições acima do Ceará, que vem em 12º lugar no ranking, e bem à frente de estados tradicionais como Rio Grande do Norte (19º), Pernambuco (20º) e Bahia 22º).
As melhorias mais relevantes aconteceram nos pilares “Segurança Pública” (de 13º para 9º), devido a evolução da atuação do sistema de justiça criminal, e em “Solidez Fiscal” (de 14º para 11º), puxada pelo sucesso da execução orçamentária. Já na avaliação da “Sustentabilidade Social” o Estado subiu de 16º para 14º, consequência da diminuição de famílias abaixo da linha de pobreza.
As posições mais baixas ocupadas pela Paraíba foram nos pilares de “Capital Humano”, no qual perdeu três posições, devido a diminuição da produtividade do trabalho, assim como na “Eficiência da Máquina Pública” (de 17º para 18º), em razão da baixa pontuação no índice de transparência. No pilar de “Potencial de Mercado” a queda foi de dez posições (de 8º para 18º). O Pilar de Capital Humano e de Potencial de Mercado sofreram grandes oscilações pois são sensíveis à diminuição da atividade econômica e ao desemprego que afetou a Paraíba.
Também houve quedas em “Sustentabilidade Ambiental” (14º para 16º) e “Educação” (de 14º para 15º). No pilar “Inovação”, a Paraíba se manteve na 8ª posição.
Os resultados completos do ranking estão disponíveis no site: http://www.rankingdecompetitividade.org.br/
Sobre o Ranking
O Ranking de Competitividade dos Estados é uma das principais ferramentas de avaliação da gestão pública do Brasil, e busca pautar a atuação de líderes públicos em 10 áreas-chave.  Disponível em uma plataforma online, o ranking traz um diagnóstico completo das performances estaduais em 68 indicadores distribuídos entre os pilares de Sustentabilidade Ambiental, Capital Humano, Educação, Eficiência da Máquina Pública, Infraestrutura, Inovação, Potencial de Mercado, Solidez Fiscal, Segurança Pública e Sustentabilidade Social.
Ranking nacional / Paraíba
Setores                   Nota    Posição    Média       Líder
Infraestrutura           67,3    2º                  44,2              São Paulo
Capital humano        23,2    19º                34,2              Distrito Federal
Sustentabilidade      41,3    14º                48,9               Santa Catarina
Educação                   44,3    15º                 49,3              São Paulo
Potencial mercado   24,1    18º                 38,1              Pará
Segurança pública   67,8    9º                  52,3              São Paulo
Solidez fiscal             80,5    11º                 71,2               Alagoas
Eficiência M.A          62,1    18º               64,1                Rio Grande do Sul
Inovação                    38,4    8º                  28,0             São Paulo
Sustentabilidade      52,3    16º                51,6               Distrito Federal


Fonte: Centro de Liderança Pública
Fábio Cardoso, com assessoria de imprensa