Agências de viagem veem oportunidades no turismo LGBTI

Abav Expo 2018

Um dos temas discutidos na Vila do Saber, no segundo dia da 46ª ABAV Expo Internacional de Turismo e 50º Encontro Comercial Braztoa, foi o turismo LGBTI e seu constante crescimento – em 2017, foram mais de 7 trilhões de dólares gastos por esse público. Como as empresas devem trabalhar essa segmentação?
Segundo Ricardo Gomes, presidente da Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil, o importante é entender que a população LGBTI é gente como qualquer outra. “O maior erro das agências é colocar esse público em uma mesma caixa e tentar oferecer produtos como se todo gay gostasse da mesma coisa”.
Recentemente, a Câmara firmou um contrato com a Embratur e o Ministério do Turismo por cinco anos para promover no Brasil esse comércio, assim como conscientizar por meio de cursos e palestras os profissionais da área. “Esse acordo é a notícia mais importante da história do turismo LGBTI. Estamos jogando sementes dentro das empresas, para, num futuro próximo, termos um mercado sem preconceitos e que o público-alvo se sinta confortável”.
Cada vez mais é preciso entender que a diversidade é extremamente fundamental para qualquer negócio. A comunidade é muito engajada, logo, empresas que levantam a bandeira e proporcionam essa diversidade saem na frente na hora de serem escolhidas como parceiras. “Não existe um destino certo e nem um pacote de ofertas para trabalhar com esse público. O que precisamos aprender está localizado nos pequenos detalhes e no respeito que temos que imprimir em todas as nossas ações. Seja para oferecer um cruzeiro gay ou uma viagem à Rússia, somos responsáveis por proporcionar o bem-estar aos nossos clientes” disse Ricardo.
A ABAV Expo termina nesta sexta-feira (28) no Anhembi (SP), das 12h às 20h.
Approach Comunicação

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!