Chile, Argentina e México são as palavras que o turista brasileiro mais associa à AL

Brasil Destaque

O que vem à cabeça quando o assunto é América Latina? Para quase um terço (29%) dos viajantes brasileiros, as palavras mais associadas ao continente são os nomes de países e cidades. Segundo pesquisa* da Booking.com, líder mundial em conectar os viajantes com opções incríveis de lugares para ficar, os brasileiros lembram, principalmente, de Chile, Argentina e México.

Outras palavras também aparecem nessa lista: 9% pensam em “tropical”, e empatados com 5% estão os termos “paisagem/natureza”, “alegria”, “cultura/conhecimento”.

Já para o viajante argentino, a palavra que melhor define o continente é “tropical”, com quase um quarto das menções (24%) – o destaque vai para a palavra “praia” (21%). Falando em localidades, o Top 3 de menções dos argentinos vai para Brasil, Caribe e México.

Colombianos e mexicanos são os que mais citam o próprio país quando perguntados o que primeiro vem à cabeça quando pensam na América Latina como um destino turístico. Para mexicanos a ordem é México, Cancun, Brasil e para colombianos, Colômbia, Caribe e México.

Olhar positivo

A pesquisa mostra também que, no geral, o sentimento em relação ao continente é positivo. Afinal, termos como alegria, hospitalidade, beleza, culinária e tradição, que foram citados por viajantes de Brasil, Argentina, Colômbia e México, enaltecem os países e a região como um todo. Isso contraria o senso-comum que de o olhar sobre a América Latina tem um viés desfavorável. Apenas 3% desses viajantes relacionam palavras negativas como “perigoso/inseguro” e “pobreza/subdesenvolvimento” ao continente.

Na realidade, os viajantes colombianos são os que mais se sentem seguros para passear pelo continente, com apenas 29% afirmando o contrário. Já os mexicanos são os mais receosos: 4 em cada 10 mexicanos (40%) concordam com a frase “não me sinto seguro viajando pela América Latina”. Brasileiros e Argentinos empataram: 32% também se sentem inseguros.

*A pesquisa foi feita em março de 2019 com 4 mil respondentes de Brasil, México, Colômbia e Argentina, sendo mil por país, com homens e mulheres de 18 a +60 anos que já realizaram pelo menos duas viagens internacionais.

Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.