Brasileiros chegam do Peru em operação de repatriação e desembarcam sem serem examinados

Brasil Coronavirus
Anúncios

Um fato chamou a atenção de forma negativa para os brasileiros que desembarcaram no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), no começo da noite de terça-feira (24), foi a falta de agentes de saúde para examinar o grupo que acabara de chegar de Cuzco, no Peru, em um voo de repatriação. Não havia qualquer barreira sanitária no momento. Mais de 180 passageiros desembarcaram e entraram no país sem qualquer exame ou isolamento temporário.

E essa situação não aconteceu somente em São Paulo. Em Recife, onde um casal da Paraíba desceu, já na manhã desta quarta-feira (25), igualmente não havia qualquer tipo de barreira. Para completar a indignação dos dois, com fome, foram até a área de alimentação do aeroporto e, pasmem, nenhum funcionário das lanchonetes usava ao menos uma máscara.

Para o casal, o limite do absurdo foi quando fizeram o pedido para a funcionária de uma das lanchonetes e ela deu dois espirros em cima dos alimentos. “Aí foi demais”, afirmou o jornalista Gilberto Lopes. Na opinião dele, a situação é o retrato com que o Governo Federal trata a crise provocada pelo coronavírus e reflete os discursos do próprios presidente Jair Bolsonaro. Estão pouco se lixando com os brasileiros.

Fábio Cardoso