Funcionário da Sudema tem resultado ‘negativo’ para coronavírus, mas morre 10 dias depois do resultado

Coronavirus Cotidiano

O coronavírus não escolhe paciente e se mostra cada vez mais letal. Na manhã deste sábado (02) foi confirmada pelas redes sociais a morte do responsável do setor de arquivo da Sudema (Superintendência de Administração do Meio Ambiente da Paraíba), Erick Ponce De Leon Ribeiro, vítima do Covid-19.

Mais essa morte na conta entre milhares que ocorrem no Brasil, revela a rapidez de como as pessoas são acometidas, sentem os primeiros efeitos e morrem. No dia 22 de abril, Erick postou em sua conta do Facebook o resultado ‘negativo’ de um exame que fez para saber se tinha a doença. Porém, ele mesmo admitia que estava com algum tipo de doença.

No dia 27 de abril, ele voltou às redes sociais e postou, quase às 17h, uma reportagem sobre queixas da Polícia Federal contra o ex-diretor geral Maurício Valeixo, na polêmica saída de Sérgio Moro da titularidade do Ministério da Justiça. Esse foi o último post de Erick no Facebook.

Um dos amigos de Erick, o jornalista Alex Marcio, lamentou a morte, e disse que quando entrou no Hospital da Unimed havia apenas uma suspeita de que teria contraindo o coronavírus. “Tanto que, após os primeiros exames, foi orientado a voltar pra casa. Isso entre o dia 20 e 27 de abril, quando foi internado novamente, já foi encaminhado para UTI, tendo comprometimento de um dos pulmões”, disse Alex.

A reportagem pesquisou as postagens de Erick, pela impossibilidade de manter contato com alguém da família dele. Nas postagens, Erick se mostrava uma pessoa bastante feliz, sempre rodeado de muitos amigos, e praticante de esportes, como corrida de rua e ciclismo. Há várias fotos com a filha, Hanne Bakke. Numa delas, ele está acompanhando a filha que disputa uma partida de futebol atuando pelo Botafogo da Paraíba.

Em uma das postagem ainda, mostrava ele fazendo quimioterapia, em 2014, mas, em 2006, ele está em um leito de hospital após ser submetido a uma cirurgia de redução de estômago, informando ter obesidade.

Erick tinha completado 50 anos de idade no dia 14 de abril. Nesse dia, postou uma mensagem:


“Chegar nos 5.0 é uma benção, pelas coisas que passei, pelas pessoas que conheci, pela família que tenho, pela filha linda que ganhei, pelos livramentos que meu Criador me deu, pelas mudanças de vida que tive. Só tenho a agradecer.”

 

Fábio Cardoso