Neto de Lúcia Braga confirma que morte dela foi provocada por coronavírus

Cotidiano

A família da ex-deputada federal, Lúcia Braga, confirmou nesta segunda-feira (11) que a morte dela foi provocada pelo coronavírus. A informação é do Portal do Jornal da Paraíba e confirmada pela reportagem do Turismo em Foco. A também ex-primeira dama da Paraíba – com 85 anos – morreu no começo da noite deste sábado (09) e a causa do óbito foi tema de debates nas redes sociais. Muitos sites chegaram a afirmar que a morte teria sido provocada por uma infecção urinária e outros por uma pneumonia.

A confirmação da causa da morte foi dada pelo neto de Lúcia Braga, Thiago Braga. Ele disse que a avó testou positivo para o coronavírus.

Já o estado do ex-governador continua grave. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensia em um hospital particular, o mesmo onde a esposa morreu. A transferência do apartamento para UTO aconteceu no domingo (10). Há informações de que Wilson Braga não foi informado sobre a morte da esposa. Há suspeita de que ele também esteja acometido do covid-19.

Fábio Cardoso