Por água, moradores da Favela do Plástico interditam principal rua do bairro do Jacaré, em Cabedelo

Cotidiano
http://datagridti.com.br/wp-content/uploads/2021/12/datagridtiBanner.gif

Um grupo de moradores da Favela do Plástico interditou pela segunda vez consecutiva o acesso ao bairro do Jacaré, em Cabecelo. Os moradores denunciam que estão sem água há 11 dias e que estão tomando banho e pegando água para cozinhar em um barreiro próximo. Há crianças doentes, conforme vídeo abaixo. Eles avisaram que só vão desbloquear a via depois da normalização do fornecimento da água.

A Favela do Plástico tem cerca de 60 famílias que residem em barracos de madeiras e plástico ao lado da linha do trem. As composições quando passam pelo local são obrigadas a reduzir a velocidade, pela proximidade dos barracos construídos a menos de meio metro da linha do trem.

A reportagem do Turismo em Foco procurou a Cagepa para saber os motivos do corte do fornecimento de água para aquela comunidade. Conforme a assessoria de imprensa, as ligações de água são clandestinas e, por isso, por uma ação da Prefeitura de Cabedelo, a tubulação que levava água até as torneiras dos barracos foi bloqueada. O corte teria sido feito apenas nesta segunda-feira (24).

Na tarde desta terça-feira (25), representantes da Cagepa e prefeitura estiveram reunidas para buscar uma forma de solucionar o problema. Até a conclusão dessa reportagem, ainda não havia resultado.

Fábio Cardoso