Presidente da Abav nacional abre o Abav Collab falando dos desafios e orgulho de ser agente de viagem

Destaque Eventos

A presidente nacional da Abav (Associação Brasileira das Agências de Viagem), Magda Nassar, abriu oficialmente, neste domingo (27), a Abav Collab – evento online que substitui o Expo Abav, em 2020 – em transmissão direta de Salvador (BA). O evento já tem mais de 11 mil pessoas previamente inscritas e segue até o dia 4 de outubro.

Em seu discurso, Magda citou algumas palavras de ordem que representam o sentimento e o trabalho que todos os segmentos que integram a cadeia turística no Brasil devem seguir nesse momento de desafios em relação ao enfrentamento da pandemia do coronavírus.

Magda preferiu não falar de números, negativos ou positivos, mas desenvolver pensamentos como ‘orgulho’ de ser agente de viagem, que não se recusou a atender os clientes mesmo diante de um cenário tão pessimista e incerto, “remarcando, repatriando” passageiros, procurando resolver todo tipo de problemas enfrentados pelas pessoas em meio a pandemia do coronavírus.

A executiva falou sobre ‘conquistas’ e ‘união’ nesse momento, com aprovação de leis, decretos e normas que estão mudando a rota das atividades ligadas ao turismo de uma forma geral, beneficiando todos desse segmento que representa mais de 8% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. “Vamos continuar trabalhando para manter todos os segmentos rentáveis e que empregam mais de 2,9 milhões de empregos diretos”, disse.

Magda Nassar também falou de ‘coragem’, em especial, das mulheres, que igualmente não se omitiram diante das dificuldades e que estão dando a sua grandiosa colaboração para a retomada das atividades, com segurança e respeito a todos os protocolos. É um período de muito sacrifício, que tem sido desempenhado com muito amor.

A presidente da Abav destacou ainda que todos devem guardar na ‘memória’ esse momento de dificuldades para que todos possam avaliar erros e acertos passados e futuro, lembrando que o coronavírus pode ter surgido para que as pessoas de todo o mundo possam entender que é necessário praticar a inclusão e ter ‘empatia’. “É a oportunidade que temos de colocar em prática todos os conceitos de boa convivência, olhar uns para os outros”.

Magda Nassar falou ainda sobre a necessidade de olhar para o turismo de eventos, que pede ‘socorro’ e que precisa urgentemente voltar a se movimentar. Foi criada uma vaquinha eletrônica, onde as pessoas que estejam participando do Abav Collab possam contribuir de alguma forma.

Falou da ‘resiliência’, onde a fragilidade e o caos trouxeram o significado de que cada pessoa é ‘notável’ e que a indústria do turismo irá ajudar o Brasil a se reerguer.

Fechando o discurso, a presidente da Abav falou em ‘gratidão’ e ‘esperança’ de dias melhores para o Turismo. ‘Gratidão’, que é um resumo de tudo falado e ‘esperança’ de que 2021 seja um ano de real recuperação, de saúde, de vitórias e de muitas viagens’.

Fábio Cardoso