ABIH-PB apresenta Plano Estratégico para o triênio 2021/2023

Destaque Paraíba

A diretoria da ABIH-PB (Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, seccional Paraíba) apresentou nesta terça-feira (29) o Planejamento Estratégico que será desenvolvido no triênio 2021/2023. O trabalho foi elaborado pela Pires Inteligência em Destino, coordenado pela diretora da empresa Jeanine Pires, que elencou uma série de ações que devem ser realizadas ao longo desse período.

De acordo com o presidente da ABIH-PB, Rodrigo Pinto, os desafios que a rede hoteleira terá em 2021, após um ano marcado pela pandemia do coronavírus, serão ainda maiores e será necessário ampliar as parcerias com as instituições do trade turístico e o poder público.

Uma das primeiras ações a serem realizadas será criação de diretorias executivas da ABIH-PB no litoral Sul e Norte, além de Campina Grande, para assim, estimular o aumento do número de associados, escutar as demandas fora da capital e ter dados estatísticos mais abrangentes do turismo do Estado como um todo. No Planejamento Estratégico sugere ações de melhorar a comunicação com a categoria, oferecer mais benefícios e profissionalizar a gestão, pautados ainda na coleta de dados e pesquisas de mercado.

Nesse aspecto, Rodrigo Pinto enfatiza que a elaboração do Planejamento Estratégico foi uma reivindicação dos próprios associados, que passará a ser uma ferramenta para nortear as futuras ações da ABIH. Para analisar as demandas dos hoteleiros, conforme Jeanine Pires, foram aplicados questionários, um para a diretoria da associação e outro para os associados. Houve unanimidade em diversos pontos que os hoteleiros entendem como carentes e prioritários.

Na opinião da categoria, falta apoio dos entes públicos no desenvolvimento de uma política mais ampla voltada para o turismo; há pouca promoção do destino; a malha aérea é pequena e deficitária, com poucos voos e em horários melhores; a carga tributária é elevada; e há pouco investimento na infraestrutura das cidades turísticas.

Assessoria de Imprensa