Mobilidade: Ministério do Turismo avança em projeto de trem turístico entre BH e Brumadinho (MG)

Brasil

Após uma série de reuniões com representantes do estado de Minas Gerais, o Grupo de Trabalho do Trem Turístico de Brumadinho, coordenado pelo Ministério do Turismo, resultado do Fórum de Mobilidade e Conectividade Turística, está em fase final de produção de resultados que visam a implantação do projeto. Lançado em dezembro de 2020, o grupo estuda a revitalização de uma estação em Belo Horizonte e a possibilidade da construção de outra em Inhotim. Em atividade, ele será capaz de transportar 840 pessoas por dia em duas locomotivas com seis vagões cada. O trem deverá proporcionar segurança e elevado conforto aos usuários, protocolos de higiene, serviços abordo, acessibilidade para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. O trajeto de cerca de 50 quilômetros será feito em pouco mais de uma hora.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, o relatório será apenas o início de implantação deste equipamento turístico que será de grande relevância neste momento de retomada. “Esta é uma oportunidade que estamos tendo de qualificar os nossos destinos e de aprimorar a nossa conectividade que terá boa valia e será de grande ajuda ao turismo brasileiro. Estamos preparando não só um relatório, estamos deixando um legado que ficará para outros roteiros de trens turísticos no país”, disse.

Além do trem turístico que poderá ligar Belo Horizonte a Brumadinho, o grupo listou outras rotas que possuem potencial para o projeto. São elas: Lavras/Três Corações/Varginha, Poços de Caldas/Águas da Prata, Perdões/Lavras/Carrancas, Cataguases/Além Paraíba/Três Rios e São Sebastião do Rio Verde/Passa Quatro.

De acordo com dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o Brasil possui 15 trens turísticos em operação, sendo que quatro estão localizados em Minas Gerais. Com o projeto, a expectativa do Ministério do Turismo é promover a integração dos modos de transportes, mapear os trechos ferroviários ociosos, identificar o potencial da atividade turística, dialogar e definir oportunidade de investimentos, além de coordenar as ações, agregando valor aos ativos nacionais.

FÓRUM – O Fórum de Mobilidade e Conectividade Turística tem a função de discutir e propor políticas e estratégias para aperfeiçoar a mobilidade e a conectividade turística no Brasil; consultar autoridades e técnicos relacionados à mobilidade e conectividade turística; e promover a coesão das ações e programas. Além disso, deve realizar estudos em temas ligados à mobilidade e à conectividade turística e, ainda, observar experiências internacionais no segmento e conhecer as práticas mercadológicas.

Site Ministério do Turismo

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!