Com as viagens rodoviárias em alta, empresas de ônibus que se prepararam para o momento atual se beneficiam da alta demanda

Cotidiano

Entre janeiro e setembro deste ano, o Brasil registrou mais de um milhão de viagens por transportes rodoviários. É o que revela o mais recente levantamento apresentado pela Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (ABRATI). Em um comparativo com 2022, o número de viagens realizadas pelo setor aumentou em média 20,6%.

Com este cenário favorável ao turismo interno, grupos empresariais que tem alta oferta em rotas turísticas se beneficiam frente a concorrência. Um exemplo disso é o Grupo Guanabara que opera nas 5 regiões do país destinos como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Salvador, Fortaleza, Natal, Recife, Goiânia e Florianópolis.

A Guanabara vem investindo desde 2022 na retomada definitiva do setor rodoviário pós pandemia, para isso adquiriu frota nova e ônibus double decker que oferecem classes premium de serviços inclusive nas rotas onde operava essencialmente com veículos clássicos de um só piso e classe de serviço. O capital investido desde o ano passado já ultrapassa os R$ 320 milhões e não se restringe apenas à frota, mas a toda jornada do viajante desde o primeiro contato com a marca. A Guanabara adquiriu 250 novos ônibus para atender os viajantes em mais de 2 mil destinos pelo país

Hoje, as empresas regulares de transportes terrestres vivem seu melhor momento de recuperação dos prejuízos sofridos nos anos passados, tanto no volume de passageiros embarcados quanto na qualidade dos serviços e é fácil reconhecer os drivers de mudança que foram fundamentais para proporcionar essa virada.

“Preço dinâmico, app para motoristas utilizando gamificação, manutenção prevista por inteligência artificial, as empresas de ônibus evoluíram muito na crise e a tecnologia tomou conta das garagens e rodoviárias, o que era um setor tradicional mudou muito ao abraçar a IOT (ou internet das coisas) para trazer mais qualidade para os consumidores e retorno para os empresários”, detalha Letícia Pineschi, diretora de marketing do grupo Guanabara.

Para comprovar as boas expectativas o grupo citado ainda observou que entre os dias 15 e 31 de dezembro já ampliou expressivamente a oferta e abriu 873 horários extras para viagens em todo o país, oferecendo até 50% de desconto em passagens compradas com antecedência, além de benefícios em seu programa de fidelidade.

“Turbinamos a pontuação para os clientes neste final de ano. Ou seja, os clientes das empresas Guanabara cadastrados em seu programa de fidelidade, receberão 3 pontos a cada um Real gasto com passagens em qualquer rota das empresas” afirma a gestora.

Os bilhetes rodoviários chegam a custar 800% a menos que no modal aéreo nas rotas similares e o site para aquisição e www.viajeguanabara.com.br.

BLNews Comunicação