Emirates busca mais pilotos do Brasil

Destaque Mundo
Anúncios

Para atender a demanda urgente de pilotos que resultou em 46 aeronaves paradas, inclusive do Airbus A380, a Emirates está para realizar o seu maior road-show já feito no Brasil, e a maior seleção no exterior feita pela companhia até onde se tem registro.
Os roadshows, que são as seleções que a Emirates faz pelo globo, já são uma tradição no Brasil e estão no calendário de muitos tripulantes que sonham um dia trabalhar na empresa. Normalmente o roadshow dura um ou dois dias no máximo, mas este ano será uma semana de seleção e recrutamento.
As sessões serão realizadas em São Paulo em local ainda a definir, entre os dias 21 e 25 de maio, totalizando cinco dias. É necessário participar apenas de um dos dias, mas é necessário ter inscrição prévia através do site www.emirates.com/pilots ou diretamente no link da vaga para Primeiro-Oficial ou Comandante. O dia será divido em dois testes: de conhecimentos e avaliação de simulador (Airbus A330 e Boeing 777).
Para se candidatar à vaga de Primeiro-Oficial é necessário ter 2.000 horas de voo ou mais em aeronaves com peso máximo de decolagem superior a 20 toneladas, ou 3.000 horas de voo ou mais em aeronaves com peso máximo de decolagem entre 10 e 20 toneladas, além da licença de Piloto de Linha Aérea (checado) e ter obtido nota 4 ou superior no teste ICAO de inglês
Já para a vaga de Comandante são necessárias 7.000 horas de voo totais, sendo ao mínimo 3.000 em aeronave que requerem dois pilotos ou mais (2P) e que seu peso máximo de decolagem seja igual ou superior a 50 toneladas. Também é necessário ter a licença de Piloto de Linha Aérea checada e mínimo de 1.000 horas em aeronaves wide-body em voos de longo curso nos últimos três anos (ex: Boeings 747, 787, 777 e Airbus A380).
Outro requisito é ter voado 150 horas em comando nos últimos 12 meses em algum dos jatos citados anteriormente e ter habilitação de comandante válida do tipo B737, A320 ou superior.
Assessoria de Imprensa