Governo Federal cria site para divulgar informações sobre óleo em praias

Brasil
Anúncios

O Governo Federal lançou o site ‘Mancha no Litoral‘ para que a população acompanhe as ações que estão sendo promovidas para combater as manchas de óleo encontradas nas praias do Litoral do Nordeste desde o fim de agosto. Até agora, os nove estados da região foram afetados, em menor ou maior escala, pelo óleo.

Conforme o site, para conter os danos causados pelas manchas, órgãos como a Marinha, Defesa Civil, Polícia Federal, ANA, ICMBio, Ibama, ANP, Petrobras, Exército Brasileiro, Força Aérea, Universidades Federais e órgãos estaduais e municipais trabalham com objetivo de devolver ao Brasil uma costa marítima limpa e sem nenhum resíduo.

O governo alega que 1.027 toneladas de resíduos foram coletadas em uma faixa de 2.5 mil quilômetros da costa brasileira. O trabalha vem sendo feito com ajuda de 48 organizações militares, dez navios, sete aviões e seis helicópteros, que atuam diariamente no monitoramento, limpeza e análises das manchas.

A contenção do óleo também vem sendo feita por voluntários. Para auxiliá-los, o governo afirmou que irá disponibilizar Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

Paraíba não registra óleo em praias

Nessa quinta-feira (24), diversos órgãos estaduais promoveram vistoria em 12 quilômetros do Litoral da Paraíba. O motivo foi o aparecimento de manchas de óleo em praias do Litoral Norte de Pernambuco, próximo à divisa com a Paraíba.

Na ação, drones foram usados para sobrevoar as faixas de areia e do mar. No entanto, de acordo com o tenente Figueiredo, da PM, não foram identificadas manchas de óleo nos trechos supervisionados e o Litoral da Paraíba segue limpo. A Polícia Militar também descartou a morte de animais marinhos no estado.

Porém, entre o fim de agosto e o início de setembro algumas praias do estado chegaram a ser atingidas pelo óleo, conforme informou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Veja abaixo:

Mataraca
Barra do Rio Camaratuba

Rio Tinto
Oiteiro
Lagoa de Praia
Praia de Campina
Barra do Rio Mamanguape

Cabedelo
Praia Formosa
Praia de Camboinha
Praia do Poço
Praia de Intermares

João Pessoa
Praia do Cabo Branco
Praia de Tambaú

Conde
Praia do Amor
Tambaba
Gramame
Jacumã

Pitimbu
Praia Bela

De acordo com a Superintendência de Administração do Meio Ambiente na Paraíba (Sudema), todos os trechos onde foram encontradas manchas de óleo na Paraíba foram limpos e não há registro de novas ocorrências.
Orientações ao ver óleo em praias

Em nota, a Marinha do Brasil solicita a todos que avistarem novas manchas que entrem em contato com as autoridades competentes, podendo também realizar contato telefônico por meio do número 185, a fim de auxiliarem na execução de ações de pronta resposta, evitando maiores danos à natureza e à população local.

As autoridades recomendam que as pessoas evitem tocar as manchas de óleo sem luvas de borracha. Caso o produto entre em contato direto com a pele, é recomendável limpar imediatamente a área atingida, utilizando gelo e óleo de cozinha. Em caso de reação alérgica, a pessoa deve procurar atendimento médico.

Outros telefones também podem ser contactados caso sejam encontradas manchas de óleo em praias, como o 199 da Defesa Civil, 190 da Polícia Militar, em todo o estado e, em João Pessoa, o 0800 281 9208 da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam).

Portal Correio