Projeto quer mudar nome do estádio Rei Pelé para Rainha Marta, em Alagoas

Brasil Destaque
Anúncios

Um projeto do deputado estadual Antônio Albuquerque, de Alagoas, pretende mudar o nome do estádio Rei Pelé para Rainha Marta, em Maceió, capital alagoana. O PL está em tramitação na Assembleia Legislativa e já causa discussão em todas as rodas dos meios esportivos e políticos no país.

Em entrevista na ESPN nesta quinta-feira (19), o parlamentar disse que o projeto busca enaltecer uma filha de Alagoas, que tem um largo currículo dentro do futebol feminino mundial e que sempre faz questão de levar o nome do Estado para todos os cantos do mundo. “Não podemos correr o risco de, no futuro, as novas gerações esquecerem da Marta e os serviços que prestou à Alagoas”, disse o deputado.

O Estádio Rei Pelé foi inaugurado em setembro de 1970, já com o Brasil tendo conquistado o Tricampeonato Mundial no México, que consagrou a seleção brasileira, em especial, Pelé, camisa 10, que até os dias atuais é endeusado em todo o mundo, não apenas pelas personalidades ligadas ao futebol.

Na data da inauguração, apontou o deputado, Pelé não compareceu. “Não ficamos sabendo o motivo real até hoje, mas a ausência dele na festa deixou o alagoano muito magoado e ressabiado em relação ao interesse de Pelé pela homenagem”, espetou o parlamentar.

No dia 17 de setembro do mesmo ano 70, então, Pelé esteve na partida do Santos contra a Seleção Alagoana, considerada na época uma reinauguração ou inauguração de fato.

Antônio Albuquerque argumenta ainda, que na história do futebol, buscando comparar Pelé a Marta, a jogadora alagoana teria sido mais vencedora do que o Rei do futebol. “Pelé foi três vezes campeão do mundo, enquanto a Marta foi considerada a melhor jogadora do mundo por seis anos”, enfatizou o parlamentar.

Ele argumentou também, que atualmente o próprio torcedor de Alagoas não chama o estádio de Rei Pelé, e sim de Trapichão. “Ninguém marca encontro para qualquer coisa no Rei Pelé e sim no Trapichão, então, o nome do estádio pouco é citado pelos alagoanos”, disse.

O parlamentar admite que o projeto dele tem o viés político, sem considerar o fator técnico comparativo.

Fábio Cardoso – Foto: Site do CRB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *